Após se lesionar contra o Bahia, atacante desfalca o Grêmio por 2 meses

centroavante sofreu ruptura em um dos ligamentos do joelho

Foto: Reprodução

O técnico Renato Gaúcho ganhou uma dor de cabeça para os próximos jogos do Grêmio, inclusive, o jogo de volta contra o Bahia pelas quartas de final da Copa do Brasil. O atacante Felipe Vizeu entrou em campo aos 34 minutos do 2º tempo no empate em 1 a 1 com o Esquadrão na quarta-feira, no lugar de André, e após uma dividida com Lucas Fonseca, precisou ser substituído seis minutos depois. Nesta quinta-feira, o centroavante passou por exames que confirmaram a ruptura em um dos ligamentos do joelho esquerdo, ou seja, ele vai precisar passar por cirurgia e o tempo estimado de recuperação é de dois meses.

 

“Após a entorse no joelho esquerdo, o atleta Felipe Vizeu foi submetido a exames de imagem e foi constatada uma luxação patelar com ruptura do ligamento femoropatelar acrescida de uma lesão condral na região patelar. O atacante irá passar por uma artroscopia nos próximos dias” diz o boletim médico divulgado pelo Grêmio.

À beira do gramado, Vizeu até tentou voltar para o jogo. Só que, em vez disso, foi para o vestiário às lágrimas. No túnel de acesso ao campo, o jogador não resistiu às dores e foi carregado no colo por dois integrantes do estafe gremista até o vestiário. Como Renato Gaúcho já havia feito três substituições, o Grêmio encerrou a partida com um jogador a menos.

Sem Vizeu, o jovem Da Silva foi promovido da base e já trabalha trabalha com o grupo principal. O centroavante passará por um período de observação para saber se já tem condições de ser utilizado por Renato. O treinador, após avaliações, definiu que é melhor utilizar Luan na trinca de três meias, assim como Diego Tardelli.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*