Jacuipense e Flu de Feira entram em campo neste domingo pela Série D

Lesão do Sisal busca manter os 100% de aproveitamento

Foto: Divulgação/Jacuipense

A terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro iniciou no sábado com dois clubes baianos em campo. O Bahia de Feira foi até a cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, para enfrentar o América-RN, e trouxe de lá um ponto importante ao segurar o empate por 0 a 0 neste sábado, na Arena das Dunas, com grande atuação do goleiro Jair. Com o resultado, o Tremendão chegou aos 4 pontos e se mantém na segunda colocação da chave, porém, pode ser ultrapassado pelo América-PE que tem 3 pontos e entra em campo no domingo para enfrentar o Serrano-PB.

A Juazeirense, por sua vez, deu indícios de que poderia trazer de Goiânia 3 pontos importantíssimos na luta pela classificação no Campeonato Brasileiro da Série D, porém, após sair na frente com Toni Galego, no Estádio Aníbal Toledo, tomou a virada da Aparecidense, com destaque para o meia Rodriguinho, autor dos dois gols do triunfo da equipe goiana, aos 16 e 29 minutos, decretando o primeiro revés do Cancão de Fogo na Série D do Campeonato Baiano. No entanto, a partida ficou marcada por um ato de racismo sofrido pelo goleiro Deijair por parte de um torcedor do time mandante.

Único clube baiano que ainda não venceu na Série D do Campeonato Brasileiro, o Fluminense de Feira tentará quebrar esse jejum neste domingo (19), diante do Coruripe, às 16h, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana. O Touro do Sertão tem 2 pontos após empatar com Salgueiro e Sergipe, e aparece no 3º lugar. O Salgueiro venceu o Sergipe neste sábado (18) por 4 a 3 no estádio Cornélio de Barros e assumiu a liderança da chave com 7 pontos, enquanto o time sergipano aparece em 2º com 4 pontos.

Brilhando na Série D do Campeonato Brasileiro, o Jacuipense reencontra o seu torcedor neste domingo em duelo agendado para às 16h, no Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, contra o Vitória de Pernambuco. O Leão do Sisal está 100% na competição liderando o Grupo A7 com 6 pontos, mesma pontuação do ASA de Arapiraca que venceu neste sábado o Campinense por 2 a 1. O time paraibano segue em terceiro com 3 pontos, enquanto o adversário do Jacuipense é o último ainda sem pontuar.

Em entrevista ao site Futebol Bahiano, o lateral-direito Tiago Baiano alertou que o time não pode desmerecer o adversário e entrar em campo achando que já está classificado. O jogador frisou que o grupo continua com os pés no chão e trabalhando forte para colocar força total nessa reta final da primeira fase e carimbar a classificação.

“Estamos bem, 100% graças a Deus na competição e vamos cada dia mais crescer. Temos um jogo difícil contra o Vitória de Pernambuco aqui dentro de casa. A gente não pode desmerecer o adversário e achar que já estamos classificados. Continuamos com os pés no chão e vamos colocar força total nessa reta final da primeira fase. Continuamos humildes, trabalhando forte, nos fortalecendo. Ainda restam mais quatro jogos e tudo pode acontecer. Se Campinense e ASA empatarem, praticamente selamos nossa classificação”, destacou.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*