Em nova fase e cheio de esperança, Vitória estreia no Brasileiro da Série B

Leão estreia sob o comando do presidente Paulo Carneiro

Quatro jogos abriram na sexta-feira os jogos da primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B com três derrotas dos times mandantes, apenas o Sport-PE se salvou da derrota diante dos torcedores, mas apenas empatou com o Oeste. Destaque para o Atlético-GO que não levou fé e mesmo atuando em Sorocaba derrotou o São Bento do volante Feijão por 3 x 1 e pelo saldo de gols é o líder provisório da competição.

O Bragantino, que agora atende também pelo nome Red Bull-Bragantino após fusão com o já descontinuado RED BULL, também fez bonito ao vencer o Brasil em Pelotas pelo placar de 1 x 0. No entanto, a maior surpresa aconteceu no Estádio Germano Krüger com o debutante Operário de Ponta de Grossa, vencendo o América-MG do técnico Givanildo Oliveira, sempre apontado como favorito ao acesso, pelo placar mínimo.

Hoje teremos outros quatro jogos com destaque em especial para a estreia do Esporte Clube Vitória enfrentando o Botafogo-SP no Estádio Santa Cruz na cidade de Ribeirão Preto. Em circunstância normal, seria um jogo que o Leão poderia ser apontado tranquilamente como favorito, até porque, o próprio adversário oriundo da Série C, admite que se manter na divisão é a sua maior meta.

 

No entanto, o Esporte Clube Vitória acabou de atravessar um processo turbulento na sua área administrativa/política que gerou como consequência duros e diretos atraso no clube trazendo reflexos negativo no departamento de futebol, a essência de sua existência.

Vem de fracassos diversos e continuados além de carregar o peso de uma estreia vindo de uma sequência de 12 sem triunfos, com o agravante de ter enfrentado a maioria dos seus adversários de baixa qualidade que no seu estado origem passaria sem grandes dificuldades.

Não fez contratação (AINDA) que justificasse ou autorizasse entusiasmo para o acesso, não, não fez, no entanto, agora o Leão entra em um novo SIGNO, o signo da esperança com eleição de Paulo Souza Carneiro, que não será capaz de operar milagres no primeiro momentos, porém, é capaz de abrir um janelão de duas bandas de boas perspectivas por sua experiência, e, sobretudo pelo seu comprometimento com o clube e com seus resultados em um período não tão somente curto, como também suficiente para se recuperar dentro da própria Série B e assim, brigar entre os primeiros a partir do meado da competição.

Contudo, por maior que seja a boa vontade ou otimismo, não é razoável acreditar em num Leão forte e competitivo de uma hora para outra ou da noite para o dia. Isto não existe. Mas é possível sim, acreditar em Leão brevemente recuperado e completamente revigorado voltando honrar as suas glorias e tradição. Para isto, basta apoio, paciência e uma borracha para apagar o passado recente, e isto precisa começar a partir das 11h deste sábado.

Jogos da Série B – 1ª rodada

Sexta-feira
19h15 – Operário 1 x 0 América-MG
19h15 – Brasil de Pelotas 0 x 1 Bragantino
21h30 – São Bento 1 x 3 Atlético-GO
21h30 – Sport-PE 1 x 1 Oeste

Sábado
11h00 – Botafogo-SP x Vitória
16h30 – Guarani x Figueirense
16h30 – Criciúma x Cuiabá
21h00 – Vila Nova x Paraná

Domingo
16h00 – CRB x Londrina

Segunda-feira
20h00 Coritiba x Ponte Preta

 

Foto: Maurícia da Matta

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*