Em final inédita no Baianão, Bahia de Feira busca repetir o sucesso de 2011

Tremendão inicia sua segunda decisão de Campeonato Baiano

Foto: Bahia de Feira / Divulgação

O Bahia de Feira foi campeão baiano pela primeira vez em 2011, desbancando na final o favorito Vitória. Na ida, o Tremendão empatou por 2 a 2 no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, no dia 8 de maio, mas na volta, em Salvador, no dia 15 de maio de 2011, venceu de virada o Leão. Geovanni abriu o placar. Allyson deixou tudo igual e João Neto marcou o gol que garantiu o primeiro título baiano do Tremendão e frustrou os 22.247 torcedores rubro-negros que foram ao Estádio Manoel Barradas naquela tarde de domingo.

Oito anos depois do primeiro troféu, o Bahia de Feira volta a uma decisão de Campeonato Baiano, que será iniciada neste domingo (14), e busca repetir o sucesso de 2011, dessa vez diante do Bahia que, obviamente, entra como favorito, porém, futebol é jogado, 11 x 11, e tudo pode acontecer dentro de campo. Uma final inédita e com novidades, como a utilização do árbitro de vídeo (VAR) nas duas partidas e também a possibilidade de termos decisão por pênaltis, algo impossível nas edições anteriores já que o time de melhor campanha jogava por dois resultados iguais.

 

Melhor time da primeira fase, em que liderou quase do início ao fim, o Tremendão chegou na final após eliminar na semifinal o Vitória da Conquista, empatando por 1 a 1 no Lomanto Júnior, e vencendo por 2 a 1 na Arena Cajueiro. Já o Esporte Clube Bahia, dono de 47 títulos, despachou o Atlético de Alagoinhas vencendo os dois jogos (3 x 0 na Fonte Nova e 2 x 0 no Carneirão). Lembrando que na primeira fase, o Bahia-FS venceu o xará da capital que utilizou seu time reserva, por 2 a 0, em plena Arena Fonte Nova.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*