Vídeo: Prefeito que é médico do Atlético-BA invade campo para “peitar” o árbitro

Joaquim Belarmino foi expulso pelo juiz, mas seguiu em campo

Foto: Reprodução / TV Bahia
Spread the love

Um dos personagens no primeiro tempo da partida entre Atlético de Alagoinhas e Bahia no Estádio Antônio Carneiro na noite desta quarta-feira pela semifinal do Campeonato Baiano, foi o médico do Atlético-BA, Joaquim Belarmino Cardoso Neto, que também é prefeito da cidade. Ele invadiu o gramado e “peitou” o árbitro Bruno Pereira Vasconcelos. O Carcará perdeu o jogador Bremer expulso aos 2 minutos após entrada violenta em Fernandão.

Mesmo expulso do banco de reservas após a reclamação acintosa com o árbitro, o médico voltou a campo após apito final da primeira etapa. Ele, porém, não pode deixar o campo já que o regulamento não permite que o clube fique sem médico e como o Atlético-BA tinha apenas ele como médico disponível, teve que permanecer, no entanto, será relatado na súmula.

Veja abaixo o vídeo:

 

 

Deixe seu comentário

4 Comentário

  1. Rapaz, de acordo, Bolsonaro, o prefeito é a autoridade máxima da cidade, logo, só pode ser expulso, ou preso por um general de 12 estrelas. Portanto, o ato está coberto de ilegalidade.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*