Reunião é adiada e permanência de Escudero no Vitória segue indefinida

Prazo para definir a situação do jogador venceu dia 25

No último dia 25 de março foi o último dia do prazo dado pela diretoria para definir a situação do meia Damián Escudero, que segue aprimorando a forma física e técnica no Vitória. Sem atuar desde 2017 quando defendia o Vasco da Gama, o argentino inicialmente seria avaliado por 30 dias e caso fosse aprovado pela comissão técnica, assinaria um contrato de produtividade até o final do ano. Sua última partida aconteceu no dia 17 de setembro de 2017, no duelo entre o Vasco e o Corinthians.

No entanto, o prazo já venceu e a permanência (ou não) de Escudero no Vitória ainda é uma interrogação. A reunião que estava agendada para esta sexta-feira (29) foi adiada para a próxima segunda-feira (1º) já que no sábado o Leão tem um jogo de vida ou morte diante do Náutico no Estádio Manoel Barradas, precisando vencer e torcer por um tropeço de Salgueiro ou CRB para seguir na Copa do Nordeste.

 

Escudero tem 31 anos e defendeu o Vitória por três temporadas (2013, 2014 e 2015), participando da melhor campanha do Leão na Série A chegando perto da classificação para a Libertadores. No total, foram 93 jogos pelo rubro-negro e 18 gols marcados. Deixou o clube baiano no final de 2015 para jogar no Puebla do México, mas retornou ao Brasil em 2017 contratado pelo Vasco onde atuou 20 jogos anotando um gol.

Deixe seu comentário

6 Comentário

  1. Galinha fujona rebanho de safadas, corja, time do lixo, time de merda. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*