“Quando a fase é boa, as coisas acontecem”, diz Enderson após triunfo do Bahia

"Bahia tem uma forma de jogar, a gente tem enaltecido isso"

Após vencer por 2 a 0 o Atlético de Alagoinhas, na noite desta quarta-feira, e emplacar o quarto triunfo seguido na temporada, marcando 13 gols e não sofrendo nenhum, o técnico Enderson Moreira falou na coletiva de imprensa pós-jogo sobre o desempenho do Bahia no duelo que garantiu o Tricolor na decisão do Campeonato Baiano.

“Nossa equipe mantém o padrão de jogo. Às vezes temos dificuldades de concretizar as oportunidades criadas em gol, mas hoje a gente conseguiu fazer… Quando a fase é boa, as coisas acontecem e a gente acaba sendo mais efetivo. O Bahia tem uma forma de jogar, a gente tem enaltecido isso com os atletas. Independentemente de resultado, de classificação, a gente tem passado por um processo desgastante e os atletas tem dado um retorno positivo”, disse o treinador.

 

Sobre o jogo, Enderson também comentou sobre o comportamento do Atlético nos jogos. “Queria, primeiramente, exaltar o trabalho do Atlético. Só lamento muito que, em determinado momento, eles passaram do limite da competitividade, tanto no jogo de ida quanto hoje. No início, tiveram dois lances que poderiam causar a lesão de um colega de profissão. Isso eu não posso defender. O que eu defendo é a qualidade. E aí, tivemos dificuldade, sim. Uma equipe quando quer jogar futebol, traz dificuldades. Hoje, a gente não poderia menosprezar a vantagem e não veio para perder por dois gols de diferença. A gente entrou para vencer. Também teve a questão do gramado pesado e acho que isso influenciou o jogo. Mas depois daquela confusão, eles começaram a jogar na bola”, avaliou.

Enderson falou também sobre a expectativa em relação aos próximos jogos e à decisão do Campeonato Baiano. “Primeiro, precisamos focar nesse jogo da Copa do Nordeste. A gente tem que fazer nosso papel, vencer a partida. Um jogo difícil, em São Luís, contra o atual campeão da competição. A gente vai buscar o triunfo, mas quando não depende só das suas forças, fica complicado, mas vamos tentar fazer a nossa parte. Em relação ao Baiano, é claro que qualquer um dos dois adversários vai ser complicado. A gente sabe que vai ser muito difícil, mas a gente quer muito esse título do Campeonato Baiano”, finalizou.

Deixe seu comentário

5 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*