Negociação mela e jogador do São Paulo não vem mais para o Bahia

"problemas nos trâmites burocráticos" impediram o negócio

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Confirmado pelo próprio Diego Cerri como reforço certo do Esporte Clube Bahia para a temporada 2019, o lateral/atacante Caíque, do São Paulo, não virá mais para Salvador. O jogador, de 20 anos, chegaria por empréstimo de seis meses ao Esquadrão quase que totalmente custeado pelo clube paulista, no entanto, segundo o diretor de futebol ao Correio: “problemas nos trâmites burocráticos foram os motivos para que a contratação não se concretizasse”.

Na entrevista de apresentação do meia Guilherme, Cerri havia confirmado a chegada do lateral-esquerdo que também atua como atacante para compor o time Sub-23: “Os atletas do grupo B são os do sub-23 do ano passado com algumas contratações, a exemplo do Caíque, que veio do São Paulo”, disse Cerri na semana passada.

O elenco principal do Bahia só conta com Paulinho atualmente após a saída de Léo para o São Paulo. Lembrando que Caíque chegaria para compor o elenco Sub-23, ou seja, a diretoria ainda buscaria outro lateral-esquerdo para a equipe principal, portanto, agora deve buscar dois nomes. Há a possibilidade dos jovens Matheus Bahia e Van Van, que disputam a Copa São Paulo, serem promovidos ao elenco profissional.



Caíque é cria das divisões de base do São Paulo e estreou como profissional em 2018, quando disputou oito partidas pelo time principal. Ele também atuou pela equipe sub-23, que foi campeã do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Versátil, o atleta ainda pode atuar como lateral-esquerdo, função exercida em alguns treinos e na base.

Pela Seleção Brasileira, fez parte do título do Sul-Americano Sub-17. Já na base do São Paulo, foi campeão da Copa do Brasil Sub-20 e da Supercopa do Brasil Sub-20.

Empresário prevê liberação de Jean Mota para o Bahia nos próximos dias

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*