Lateral com passagem pelo Bahia em 2011 não deve ficar no Santos

empréstimo do lateral terminou na última segunda

Foto: Ivan Storti - Santos FC

Após um bom ano de 2018 defendendo o Santos, sendo titular e atuando em 50 partidas, anotando um gol no clássico contra o Palmeiras pelo Brasileiro, o lateral-esquerdo Dodô inicia 2019 ainda sem um destino certo. O jogador estava emprestado ao Peixe até o último dia 31 de dezembro e, como não teve o contrato renovado, não se reapresentará com o restante do elenco nesta quarta, no CT Rei Pelé.

O Santos tem interesse na permanência do lateral de 26 anos, porém, encontra dificuldade, principalmente pela concorrência de outros rivais do futebol brasileiro, caso de Flamengo e Cruzeiro. Ambos sinalizam oficializar uma proposta à Sampdoria, da Itália, detentora dos direitos do jogador. Caso não acerte com nenhum clube, o atleta terá que se apresentar à agremiação italiana nos próximos dias.

O clube paulista tinha o dinheiro para exercer a opção de compra no valor de 2 milhões de euros (cerca de R$ 9 milhões), no entanto, precisaria entrar em um acordo em relação ao salário recebido pelo atleta, que não é baixo. O Peixe arcava com 20% dos vencimentos mensais e a Sampdoria pagava os outros 80%. O atleta, porém, não está disposto a abaixar seu salário pela metade para assinar em definitivo e recusou a oferta.

Dodô, de 26 anos, teve uma boa passagem pelo Bahia em 2011, tendo atuado 20 jogos e marcado 1 gol, no ano seguinte sendo vendido pelo Corinthians a Roma-ITA. Revelado no clube paulista, ele passou ainda por Inter de Milão e foi comprado pela Sampdoria, onde atuou por três temporadas. Em 2018, foi emprestado ao Santos e o lateral fez 53 jogos marcando um gol.



LEIA MAIS

Deixe seu comentário