Gilberto revela tristeza pelo revés, mas parabeniza Bahia pela entrega

"o trabalho foi bem feito, o grupo está de parabéns"

A derrota para o Atlético Mineiro eliminou as poucas chances que o Esquadrão ainda tinha de brigar por uma vaga na pré-Libertadores, já que agora fica há 9 pontos do G-6 e matematicamente é impossível alcançar a colocação pelo critério de triunfos, mesmo vencendo as três últimas partidas. Com este resultado, o Bahia se mantém com os mesmos 44 pontos na 10ª colocação, porém, até o complemento da rodada pode perder duas posições em caso de triunfos de Botafogo e Fluminense.

Após o jogo, o atacante Gilberto – que retornou aos gramados após algumas semanas de molho – não escondeu a tristeza pela derrota em BH. Para o camisa 9, o time poderia ter saído de campo com o triunfo, mas destacou que o trabalho foi bem feito e o parabenizou o grupo tricolor pela entrega e dedicação.

“Fico triste. Acho que nosso grupo também está triste com esse resultado. Jogo que poderíamos sair com o triunfo, tivemos paciência para jogar, tivemos controle de bola, soubemos jogar, mas no futebol temos que concluir. Hoje precisávamos concluir um pouco mais. Por mais que não tenhamos saído com o triunfo, o trabalho foi bem feito, o grupo permanece de parabéns pela entrega, dedicação. Hoje deixamos um pouquinho”, disse.



Com o triunfo, o Atlético-MG quebra um TABU de seis jogos sem vencer o Bahia. O último triunfo do Galo havia sido em 2013. De lá para cá, antes do duelo de hoje, foram 5 empates e 1 triunfo do Esquadrão. O próximo compromisso do time de Enderson Moreira é contra o Fluminense, na quinta-feira (22), às 20 horas (horário de Salvador), na Arena Fonte Nova, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Atlético-MG 1 x 0 Bahia: Veja o gol do meia Cazares no Independência

Deixe seu comentário