Presidente da Juazeirense pode renunciar ao cargo e antecipar eleições

"A chance de renunciar ou antecipar a eleição é de 90%

Presidente da Juazeirense e reeleito Deputado Estadual pelo PDT, Roberto Carlos pode deixar o comando do Cancão de Fogo nos próximos dias. Em reunião realizada no último sábado com membros da diretoria para avaliar a situação do clube rebaixado à Série D do Brasileiro, o mandatário externou o desejo de renunciar ao cargo antes do fim do mandato que vai até fevereiro e antecipar as eleições presidenciais. Ele revelou a possibilidade em entrevista ao Bahia Notícias.

“Tive uma reunião no sábado com os conselheiros e fizemos uma avaliação da Juazeirense na Série C, pois por conta da campanha política não deu tempo fazer essa reunião antes. Fizemos a reunião e ficou decidido que vamos fazer uma reestruturação na diretoria. E também externei o desejo de não continuar à frente da Juazeirense. O meu mandato encerra em fevereiro e sugeri antecipar a eleição. Hoje a chance de renunciar ou antecipar a eleição é de 90%”, disse Roberto Carlos.

Roberto Carlos também falou sobre o alto custo para manter o clube e afirmou que buscará apoio financeiro do Prefeito de Juazeiro, Paulo Bonfim, e também da Federação Bahiana de Futebol (FBF).

“O custo para manter um clube é muito alto. Ainda não tem nada decidido, mas a possibilidade existe. Semana que vem vou procurar o prefeito [de Juazeiro] Paulo Bonfim para saber como ficará o apoio da Prefeitura para 2019. E também vou procurar o apoio da Federação Bahiana de Futebol. Neste ano tive pouca ajuda para manter o clube na Série C”, finalizou.



Bahia confirma duas mudanças na lista de atletas da Copa Sul-Americana

Deixe seu comentário