Zagueiro do Vitória solta os cachorros na arbitragem: “Isso é uma vergonha”

"esse juiz, que não sei o nome, veio para nos atrapalhar"

Fotos: Mauricia da Matta / EC Vitória

Neste domingo, na derrota para o Internacional por 2 x 1 no Beira-Rio, os jogadores do Vitória saíram de campo na bronca com o árbitro Sávio Pereira Sampaio que assinalou uma penalidade máxima VERGONHOSA. Após cobrança de falta, a bola bateu no braço de Lucas Fernandes, mas o atleta do Leão estava fora da área, lance parecido com o pênalti marcado para o Cruzeiro em cima do Palmeiras também neste domingo. D’Alessandro cobrou e decretou o triunfo. Após a partida, o zagueiro Ramon, do Leão, criticou o juiz.

“A gente veio para conseguir os três pontos, mas esse juiz, que não sei o nome, veio para nos atrapalhar. A gente trabalha a semana toda, não sei se foi pênalti, mas nem mão foi. Isso é uma vergonha. A gente precisa dos pontos e ele vem aqui atrapalhar. Agora é conseguir ponto a ponto para sair dessa situação”, afirmou em entrevista ao Premiere FC.



Com a derrota, o Vitória se manteve na 15ª colocação com 29 pontos, e pode terminar a rodada no Z-4 em caso de triunfo do Vasco sobre o Paraná e caso o duelo entre Chapecoense e Ceará tenha um vencedor. Na próxima sexta-feira (5), os comandados de Carpegiani enfrentam o Santos, às 21h30, no Barradão, pela 28ª rodada do certame nacional.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*