Bahia x Sport-PE: Vencer em casa não é mais que uma OBRIGAÇÃO!

Cadê você, Bahia?? Diante das apresentações cada vez mais oscilantes, o Esporte Clube Bahia volta e meia se aproxima da temida zona de rebaixamento. Apesar do discurso de sempre lutar por coisas grandes no Campeonato Brasileiro da Série A, o time não vem passando a confiança necessária para provar que sua luta não é apenas para permanecer na elite do futebol brasileiro.

Depois da terceira rodada do returno, e nenhum triunfo conquistado (três derrotas para Inter, Santos e Atlético-PR), o sinal de alerta está ligado. Separado por apenas dois pontos da zona da degola, o Bahia de Enderson Moreira precisa urgentemente voltar aos trilhos. Após vencer o desfalcado Ceará na semana passada, o Esquadrão trouxe mais uma derrota para casa, desta vez diante do Atlético Paranaense, no último domingo, na Arena da Baixada.

Um jogo desastroso, que teve no goleiro Douglas a salvação para não ser goleado em Curitiba. A equipe foi pressionada durante quase todo o jogo, foi ineficaz e não se encontrou na marcação, o sistema de criação foi inofensivo, sentindo bastante a ausência do meia Zé Rafael, que felizmente retorna contra o Sport-PE, em duelo marcado para esta quarta-feira, às 19h30, na Arena Fonte Nova, pela 23ª rodada.



O grande problema é que o elenco do Bahia não possui peças de reposição, algo preocupante. Mais um atenuante é a saída do meia Régis para o futebol internacional. Era inevitável que a diretoria fosse ao mercado em busca de reforços, no entanto, a transferência ocorreu num momento inoportuno, afinal, o prazo para inscrições de jogadores no Brasileirão encerrou nesta terça-feira (04) e a diretoria tricolor anunciou apenas o volante Luiz Henrique, ex-Náutico.

Diante de tantas incertezas, de fracassos recorrentes, o Esporte Clube Bahia tem na partida desta quarta-feira (05) a missão de derrotar o Sport Recife, primeiro clube na zona de rebaixamento, e que encerrou um jejum de 11 jogos sem vencer na última rodada ao derrotar o Paraná, ou seja, vem motivado para esse confronto direto valendo SEIS pontos. No entanto, para o Bahia, vencer em casa não é mais que uma OBRIGAÇÃO.

Marcelo Eloy, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário