Após duas derrotas seguidas, Carpegiani cogita mudanças no Vitória

"Tenho que repensar o time", disse o treinador

Foto: Maurícia da Matta / ECV

Após alcançar uma sequência animadora de quatro jogos sem perder (3 triunfos e 1 empate) e sem tomar gol, o Esporte Clube Vitória voltou a desandar no Campeonato Brasileiro e depois de perder para o Ceará por 2 x 0 no Castelão, foi derrotado neste domingo em outro confronto diante de um concorrente direto na briga pela permanência na Elite do futebol brasileiro, o Botafogo que aplicou 4 x 3 neste domingo dentro do Barradão.

Com as duas derrotas seguidas que colocam o Leão novamente próximo do Z4, o técnico Paulo Cézar Carpegiani deixou o campo bastante insatisfeito, inclusiva, cogitando fazer mudanças para o próximo compromisso, diante do Internacional, um dos candidatos ao título. O treinador falou em entrevista coletiva que precisa repensar o time.

“A torcida também viu isso. Tenho que repensar o time. Chegou o momento de repensar o time em termos de jogadores etc. Eu tenho que repensar a equipe”, afirmou.

Um dos jogadores que pode deixar o time é o atacante Neílton que vem sendo vaiado nos jogos quando substituído. O camisa 10, apesar de ser o artilheiro do Leão na temporada, não balança as redes há 8 jogos. Outras mudanças podem acontecer na defesa que vinha bem, mas sofreu 6 gols nos últimos 2 jogos, chegando a marca de 46 gols sofridos na Série A, dono da pior defesa da competição.



Com a derrota sofrida para o Botafogo, o Vitória permaneceu com os mesmos 29 pontos e caiu para a 14ª colocação, porém, pode perder mais duas posições para Bahia e Chapecoense que enfrentam Vasco e Fluminense, respectivamente. O próximo compromisso do Leão é em Porto Alegre, onde visita o 3º colocado, Internacional, às 16h do próximo domingo (30), no Estádio do Beira-Rio.

Deixe seu comentário