“Vamos tentar dificultar ao máximo a leitura do Enderson”, diz Lisca

Mistério é o sobrenome do técnico Lisca, do Ceará. O comandante alvinegro não revelou a equipe titular, tampouco os substitutos dos suspensos – o volante Edinho e os atacantes Leandro Carvalho e Arthur. Na terça-feira, o time cearense fechou o treino para a imprensa e só liberou nos dez minutos finais do trabalho. O clássico nordestino acontece nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio Presidente Vargas. Em coletiva, Lisca explicou o motivo de fechar a atividade e não revelou se vai utilizar o atacante Ricardo Bueno.

“Já que temos três desfalques, vamos tentar dificultar ao máximo a leitura (de jogo) do Enderson (Moreira, técnico do Bahia). Ele tem acompanhado nosso trabalho, nós recentemente jogamos contra, na Copa do Nordeste. Nos conhecemos bastante, então vamos tentar passar o mínimo de informações para ele porque eu sei, como treinador, que quando você não tem a certeza, sempre tem que trabalhar uma ou outra situação e isso mexe um pouco com o planejamento tático e técnico do jogo”, disse Lisca.



Ricardo Bueno foi anunciado na segunda-feira e já regularizado, fica à disposição. Com isso, deve ser o substituto do meia-atacante Arthur. “Vamos ver e analisar. Trabalhamos algumas situações e ele tem uma boa chance de participar do jogo, ou entrando ou começando”, despista o treinador.

Deixe seu comentário