Flamengo revoltado com o momento da convocação de Lucas Paquetá para a Seleção

O técnico Tite divulgou ontem a lista dos jogadores convocados para dois amistosos da Seleção Brasileira. O primeiro jogo será em Nova Jérsei, às 21h05 do dia 7, enquanto o segundo acontecerá em Washington, às 21h30 do dia 11.

A lista trás jogadores envolvidos em disputas importantes neste momento, desfalcando Corinthians, Flamengo e Cruzeiro nas semifinais da Copa do Brasil, apenas o Palmeiras não perderá jogadores neste momento decisivo. Se os jogadores festejaram a convocação como Dedé do Cruzeiro, Lucas Paquetá do Flamengo e Fagner do Corinthians, a direção do Flamengo e do Cruzeiro, reclamam até com certa razão os desfalque em um momento crucial apenas atendendo os interesses de simples amistosos sem conseqüências, além dos ganhos financeiros da CBF.

O Cruzeiro se manifestou através de nota publicada em seu site oficial onde questiona os critérios que levaram o técnico Tite a convocar jogadores de apenas três envolvidos nas semifinais – Flamengo e Corinthians também tiveram atletas chamados – e só poupar o Palmeiras de um desfalque no duelo de ida.



”Não entendemos o critério usado pelo treinador da Seleção Brasileira. Desfalcar apenas o Cruzeiro e deixar o Palmeiras completo para nos enfrentar foi algo injusto. (…) Tem muito dinheiro em jogo nesta fase da Copa do Brasil e só o Cruzeiro foi prejudicado neste duelo (com o Palmeiras). Isso nos deixa com muitas dúvidas sobre os motivos deste tipo de decisão”, declarou, por meio da nota, o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado. O Cruzeiro chegou a citar um trecho do Regulamento Geral de Competições da CBF que prevê igualdade de condições a clubes envolvidos em disputas nacionais.

Já Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, reagiu à convocação de Lucas Paquetá descontente. Segundo o dirigente do time carioca  os clubes tentaram agir antes e solicitaram que nenhum dos clubes envolvidos na semifinal da Copa do Brasil tivesse jogador convocado. No entanto, o pleito não foi atendido. A CBF não está nem aí para os clubes, ela só pensam em ter o jogador lá treinando, por isto, estamos indignado disse Eduardo Bandeira

Paquetá perderá três jogos enquanto estiver à disposição da Seleção: Internacional, fora, e Chapecoense, em casa, pelo Brasileiro, e o jogo de ida contra o Corinthians pela semifinal da Copa do Brasil

Deixe seu comentário