Faxina geral: Vitória realiza demissões em massa na Toca do Leão

Passando por um momento difícil no Campeonato Brasileiro da Série A, o Esporte Clube Vitória iniciou uma faxina na Toca do Leão. Durante a semana, profissionais de vários setores do clube foram demitidos pela diretoria, pegando muita gente de surpresa.

O diretor de patrimônio, Milton Vilas Boas, foi desligado nesta quinta-feira (3). Ele estava no clube dezembro de 2016, na gestão de Ivã de Almeida. Mas ele não foi primeiro. Antes dele, na quarta-feira (2), a diretoria já havia comunicado a saída de Jorge Ivan Ventim, que era gerente de suprimentos e também chegou por intermédio do ex-mandatário Ivã de Almeida.

Outro que caiu na forca foi o coordenador de mercado, Jorge Duarte, que trabalhava desde julho do ano passado, quando o clube era presidido interinamente por Agenor Gordilho. Nas divisões de base, sobrou para Eduardo Varjão, preparador de goleiros da equipe sub-17. Ele ajudou na formação dos goleiros Caíque e Ronaldo. Outros nomes são cotados para deixar o clube, assim como outros devem chegar para ocupar as funções.


Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*