Bellintani afirma que o Bahia ficará de fora do Cartola FC em 2019

O presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, concedeu entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, onde falou sobre alguns temas, entre eles a ausência da agremiação no Cartola FC em 2019. Segundo o mandatário, o novo contrato da emissora com os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro não contempla um pagamento específico pelo uso de imagem das equipes no jogo virtual e não será feito nenhum acordo. Sendo assim, o Bahia ficará de fora do famoso fantasy game na próxima temporada.

“Não temos contrato com a Globo a partir de 2019. E não faremos um contrato específico para o Cartola. Portanto, o Bahia estará de fora do Cartola. Todos os nossos acordos, quando a gente fala dos contratos de TV aberta, TV fechada e pay-per-vew, existem uma nuvem digital. Os direitos digitais estão nesses acordos e os direitos ligados às marcas dos clubes também”, disse.




O Cartola FC tem duas versões: A gratuita e também uma versão paga, que custa R$ 49,90, valor único. No ano passado, estima-se que a Globo tenha faturado cerca R$ 14 milhões com o jogo virtual. É exatamente neste bolo que alguns clubes estão de olho, principalmente aqueles que não assinaram com a poderosa emissora. No entanto, eles preferem não falar abertamente sobre o assunto por questões estratégicas.

 

Dos 20 clubes da divisão de elite do futebol brasileiro, quatro assinaram contrato para transmissões dos jogos em TV fechada com o canal Esporte Interativo. Atlético-PR, Bahia, Palmeiras e Santos fecharam com o canal esportivo. Deste grupo, apenas o time da Vila Belmiro acertou com a Globo os direitos de transmissão para TV aberta e pay-per-view.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*