STJD: Meia tem pena reduzida e reforça o Vitória contra o Internacional

Acontece neste exato momento o julgamento pela confusão do BA-VI do dia 18 de fevereiro, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro. Antes de iniciar a votação pelas penas do clássico pela 1ª fase do Campeonato Baiano, o meia Yago foi julgado de forma isolada por conta da expulsão no jogo contra o Bragantino pela terceira fase da Copa do Brasil.

Os relatores votaram e por unanimidade, a suspensão de Yago foi reduzida para um jogo, já cumprido na suspensão automática. Sendo assim, o atleta está liberado para enfrentar o Internacional, no Beira-Rio, pelo jogo de ida da quarta-fase da competição nacional. Em instantes saberemos as decisões do caso BA-VI, inclusive de Yago que também foi suspenso pela confusão no dérbi por 8 jogos.



Além dele, foram punidos: Kanu (11 jogos no Baiano e 90 dias geral), Rhayner e Denílson (8 jogos), Vagner Mancini (5 jogos), pelo lado rubro-negro. Pelo Lado do Bahia, Edson e Rodrigo Becão (8 jogos). Também serão julgados, novamente, os absolvidos e quem pegou uma pena mais branda, casos dos zagueiros Ramon e Bruno Bispo do Leão, além de Lucas Fonseca e Vinícius, ambos do Bahia.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*