STJD define nesta sexta-feira a escalação do Vitória para o BA-VI

A esperança ainda está viva de poder contar com cinco reforços..

Quem escala o time do Esporte Clube Vitória é o técnico Wagner Mancini, no entanto, para o BA-VI que irá decidir o Campeonato Baiano, neste domingo, no Estádio Manoel Barradas Carneiro, o treinador está completamente amarrado e na dependência das resoluções do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ainda acerca das punições impostas pelo Pleno do Tribunal de justiça Desportiva da Bahia, resultante daquele vergonhoso BA-VI que não acabou e o Esporte Clube Bahia por decreto da Federação Bahiana de Futebol foi consagrado como vencedor pelo placar de 3 x 0.

Neste julgamento realizado no dia 9 de março ficou definida a condenação do zagueiro Kanu a 11 jogos de suspensão no Campeonato Baiano e mais 90 dias de suspensão, o que vale para todas as competições. O defensor ainda foi condenado a pagar multa de R$ 75 mil, pena que mais tarde foi suprimida. Além dele, os jogadores Yago, Rhayner e Denílson, todos titulares, além do técnico Vagner Mancini foram apenados e não estiveram em campo no último BA-VI.

Lembrando que o Vitória lutou e além do pedido de efeito suspensivo, entrou com um mandado de garantia para tentar reverter a decisão, porém, levou um sonoro “NÃO” em dose dupla. O STJD é o último capítulo no julgamento das confusões durante o clássico que foi encerrado aos 35 minutos do segundo tempo com o placar de 1 a 1 após o Vitória ter cinco jogadores expulsos e ficar com número de atletas insuficientes em campo.



A esperança ainda está viva de poder contar com cinco reforços para o jogo de volta e decisivo do Campeonato Baiano, no próximo domingo, dia 8, no estádio Manoel Barradas. Os jogadores Kanu,Yago, Rhayner e Denílson, todos titulares, além do técnico Vagner Mancini. O quinteto esteve como espectador no jogo de domingo, em que o Bahia venceu por 2 a 1 na Fonte Nova.

O julgamento no STJD está marcado para hoje  (6), a partir das 10h. O Leão torce por um resultado positivo para poder finalmente contar com os atletas e seu técnico contra o Bahia, em jogo que precisa vencer por qualquer placar para sagrar-se tricampeonato baiano.

Substituto do técnico Vagner Mancini, o auxiliar Anderson Batatais admitiu que a equipe sente a falta do técnico Vagner Mancini na beira do campo e que espera contar com o treinador e também os jogadores no domingo, em jogo que pode carimbar o tricampeonato baiano.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*