Especulado no Bahia e no Vitória, argentino Cristaldo já tem um novo clube

No mês de janeiro falamos diversas vezes no nome de Jonathan Cristaldo e noticiamos como um provável reforço para Bahia e Vitória, amparado pelas informações que vinham da imprensa baiana e de vários portais esportivos como Esporte Interativo, ATarde e Correio da Bahia, inclusive, o jogador chegou até a desembarcar na capital baiana, mas talvez para tomar uma água de coco ou comer um acarajé. O que ficamos sabemos de fato é que nunca houve negociação, interesse talvez, no entanto, as diretorias negaram as informações e também o interesse no ex-jogador do Palmeiras, dando a entender que as notícias plantadas deveriam ser arte de empresários.

No final das contas. Nem Bahia, nem Vitória. Mas o argentino Jonatan Cristaldo vai atuar no Brasil na temporada 2018, porém, na Série B do Campeonato Brasileiro. Hoje o jogador de 29 anos acertou com a Ponte Preta. A notícia é verídica, não se trata de especulação ou boato. Inclusive, o argentino já está em Campinas para fazer exames físicos e clínicos e assinar com a Macaca.

Ele salientou que tem como maior qualidade, a luta dentro de campo. “Para mim, não tem bola perdida, eu sempre dou 100%. Posso jogar bem ou mal, mas sempre trato de dar o meu máximo em campo.”, avisou o jogador.



Cristaldo tem 28 anos e foi revelado no Vélez. Acumula passagens por Metalist Kharkiv (Ucrânia), Bologna (Itália), além do Palmeiras, onde foi campeão da Copa do Brasil de 2015. Ele deixou o clube paulista em junho de 2016 sendo comprado pelo Cruz Azul, do México. Sem convencer por lá, foi emprestado ao Monterrey-MEX, antes de acertar seu retorno ao Vélez.

Pelo clube argentino, o atacante entrou em campo apenas 7 vezes nas duas últimas temporadas e não marcou nenhum gol. No Palmeiras, Cristaldo jogou ao lado de Allione. Foram 73 jogos e 18 jogos em dois anos e meio do jogador no Palestra. Ele era quase um 12° jogador e ajudou o clube a conquistar a Copa do Brasil. Apesar de não ter tido tanto sucesso, caiu nas graças dos palmeirenses, virando xodó.

Deixe seu comentário