“Claro que fico incomodado com a reserva”, diz meia Régis, do Bahia

Spread the love

Eleito o craque e melhor jogador da Copa do Nordeste de 2017, sendo peça fundamental na conquista do tricampeonato pelo Bahia, o meia Régis caiu muito de produção e acabou perdendo um pouco de espaço no time titular. Um dos motivos foi um problema muscular que tirou ele da equipe por um período e quando retornou, não conseguiu repetir o bom desempenho do primeiro semestre da temporada passada.

No entanto, aos poucos ele vem entrando no decorrer das partidas e buscando recuperar o prestígio e sua vaga de titular da equipe do técnico Guto Ferreira. Diante do Botafogo-PB, ele saiu do banco de reservas para marcar o gol do triunfo tricolor por 2 a 1. Com a lesão de Marco Antônio, que deu a vaga a ele no segundo tempo do jogo, Régis pode ganhar uma nova chance como titular diante do Atlético-PR, domingo, na Arena Fonte Nova.

Nesta sexta-feira, durante o desembarque da delegação em Salvador, o meia falou ao Globoesporte sobre a concorrência pela titularidade no meio-campo tricolor, admitiu incômodo com a reserva, mas destacou que o mais importante é o lado coletivo e continuar trabalhando sempre. VEJA ABAIXO:


“Estou trabalhando, aguardando minha oportunidade, tenho entrado, ajudado bastante. Claro que fico incomodado com a reserva, mas não é por isso que deixarei de trabalhar. Temos grandes jogadores dentro de campo, importante é o grupo vencer. Se o professor precisar, vou corresponder”, disse o atleta tricolor.

Com uma entorse no tornozelo, o meia Marco Antônio dificilmente deve atuar contra o Atlético-PR na Fonte Nova, o que abre espaço para Régis surgir na formação inicial do Bahia. Allione é outra opção, além de Élber. Lembrando que na estreia do Tricolor na Série A em 2017, Régis marcou dois gols na goleada aplicada sobre o Furacão em Salvador, pelo placar de 6 a 2. Ele diz que traz boas lembranças e convoca a nação tricolor para o duelo.

“Lembranças boas, foi a estreia do Campeonato Brasileiro, fizemos uma boa partida, vencemos por 6 a 2. Mas é passado, agora é outro jogo, outro momento, vamos nos preparar para chegar no domingo e fazer uma bela partida. Espero que o torcedor compareça, faça uma grande festa, vamos precisar para fazer os três pontos”, disse.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*