Zagueiro especulado no Bahia no início do ano é afastado no Atlético-MG

O zagueiro Iago Maidana, aquele mesmo que no início do ano foi especulado como possível reforço do Bahia em troca envolvendo a transferência do goleiro Jean para o São Paulo (e que acabou não vindo ninguém por decisão da diretoria), foi afastado por tempo indeterminado dos jogos do Atlético-MG.

Com dores de ouvido, o jogador procurou um médico fora do clube na última segunda-feira. O medicamento receitado, que foi utilizado pelo defensor, é proibido pela World Anti-Doping Agency (WADA), órgão mundial de controle de dopagem.

O Atlético-MG informou que consultou a CBF antes de definir pelo afastamento do atleta das partidas. O zagueiro voltará a ser relacionado quando o clube tiver segurança de que o medicamento foi eliminado do organismo de Maidana. O defensor continuará treinando normalmente.



Confira o comunicado do médico do Atlético, Dr. Marcus Vinícius.

“Após o episódio do Otero, que ele fez um procedimento estético sem o nosso conhecimento, nós reunimos novamente os jogadores e esclarecemos sobre uma série de compromissos que eles têm conosco enquanto profissionais. No início do ano, durante a pré-temporada, nós fizemos um comunicado aos atletas, informando a eles, por escrito, todas as normas de convivência que precisamos para que o clube funcione de maneira organizada. Isso foi feito em 22 de janeiro. Nesse comunicado, que todos recebem, está incluído a visita e uso de medicamentos fora do prescrito pelos médicos do clube. Além disso, faço uma reunião com todos eles, comunicando isso pessoalmente, abrindo para perguntas para que eles possam esclarecer quaisquer dúvidas. Depois do episódio do Otero, fizemos uma segunda reunião. Agora, fizemos uma terceira reunião. Para nossa surpresa, na nossa folga da segunda-feira, o atleta Iago Maidana procurou um médico devido a uma otite. E o médico, sem o conhecimento das práticas do esporte, medicou o atleta com um medicamento que é proibido pela Wada, o órgão mundial de controle de dopagem. Fizemos uma consulta junto a CBF e foi confirmado que o jogador está temporariamente afastado de qualquer competição, até que a gente tenha segurança que o medicamento já foi eliminado do organismo dele”.

VEJA TAMBÉM:

Na hora certa: Lateral do Bahia se recupera e herda vaga de Nino no BA-VI

Deixe seu comentário