Guto não pode e não deve ficar fazendo laboratório com o time do Bahia

"Precisamos de sequência e ele fica inventa alternâncias desastrosas"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Guto Ferreira e suas adivinhações!

Ao estilo “Gordiola” de praticar futebol, o Esporte Clube Bahia foi derrotado na tarde deste sábado pelo Náutico, por 1 a 0, na Arena Pernambuco, e teve sua invencibilidade de 10 jogos quebrada. Além disso, tirou a corda no pescoço da equipe pernambucana, que estava praticamente “morta” na competição.

Responsabilizo única e exclusivamente o técnico Guto Ferreira pela derrota contra o Náutico. O time precisa de sequência e ele fica inventando alternâncias desastrosas.

O Timbu, que me perdoem seus torcedores, não é nenhuma ofensa, é apenas um time esforçado que não tem condição de propor o jogo mesmo em casa, visto isto que mesmo vencendo o jogo por 1 x 0, o melhor jogador em campo foi o seu goleiro, que pegou tudo, até pensamento.

E quando corrigimos a escalação, a equipe jogou como deve, sufocou o Náutico e não fosse o goleiro alvi-rubro teríamos vencido com facilidade pois fora o gol, que achei que o Douglas foi com atraso, só houve uma defesa do goleiro do Bahia. Guto não pode e não deve ficar fazendo laboratório com o time.

Juscelino Santiago Dos Santos, torcedor do Bahia e amigo do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário