Diretor do Vitória fala sobre participação no Brasileirão de Aspirantes

A CBF ainda não confirmou a data do início do certame

O Vitória deve oficializar nos próximos a participação no Campeonato Brasileiro de Aspirantes Sub-23. De acordo com Erasmo Damiani, gestor de futebol do Leão, faltam apenas pequenos detalhes para o martelo ser batido. O que vem sendo discutido com a CBF é a possibilidade de inclusão de jogadores com idade de juniores na competição. Segundo o dirigente, o Leão não tem como montar um elenco com 10 a 12 jogadores com idade entre 21 e 22 anos. Ele ainda lembrou que a competição nasceu quando ele ainda trabalhava na CBF como coordenador da base. A CBF ainda não confirmou a data do início do certame, mas a tendência é que comece em outubro, como foi no ano passado.

“Estamos discutindo com a CBF e o Esporte Interativo [detentor dos direitos de transmissão] a inclusão de jogadores com idade juniores. Não tem como a gente montar um elenco de 10 a 12 jogadores com idade entre 21 e 22 anos. Então temos que utilizar os juniores do Vitória, aqueles atletas com 20, 19 e até 18 anos. Essa competição servirá para dar maior rodagem a nossos atletas. Temos o Cedric, Flávio, Darlan, Léo, que podem disputar a competição. Estamos só esperando que seja autorizado a inscrição de atletas com idade de juniores para que a gente confirme a nossa participação. Acredito que isso será aceito, pois é uma vontade de vários clubes”, disse Damiani, em entrevista ao Bahia Notícias.

[…]

“Começamos a criar esse modelo lá atrás quando eu estava na CBF. Entendemos que existe uma lacuna entre o menino que sai do sub-20 para o profissional e muitas vezes o clube empresta para outras equipes, que não tem condições de monitorá-lo de forma adequada. Muitas vezes o CT deste clube não é bom e as condições de trabalho também não são satisfatórias. E aí o clube que emprestou fica esperando que ele vingue, o que muitas vezes não acontece por esses fatores que mencionei. E dentro do próprio clube dá para fazer esse acompanhamento. O Campeonato Brasileiro de Aspirantes é muito importante para dar maturação e rodagem ao jogador. E também é bom pelo fato de poder trazer jogadores mais baratos que tem uma projeção futura interessante. E tem a questão do ritmo de jogo. Se a gente tiver algum problema de lesão, já teremos um atleta preparado para suprir a ausência. E aqueles que destacarem, terão chances na equipe principal”, destacou.

VEJA:

Veja o gol: Ex-Vitória garante triunfo do Shanghai na Champions da Ásia

Deixe seu comentário