Atlântico não resiste e é rebaixado à Série B do Campeonato Baiano

O Atlântico até deu indícios de que poderia se salvar no Campeonato Baiano, com boas apresentações diante do Bahia da Capital e do Bahia de Feira nas últimas rodadas, porém, terminou a competição estadual com o técnico Eduardo Bahia da mesma forma que iniciou com o treinador Ricardo Silva: Sem conseguir triunfar.

Foram 9 jogos, 2 empates e 7 derrotas – a última deles nesta quarta-feira, para a Juazeirense por 3 x 1 no estádio de Pituaçu, a última pá de cal que decretou o rebaixamento do Atlântico, dois anos após o seu retorno.

O Tubarão, como é conhecido, retornou à elite do futebol estadual em 2017 e por muito pouco não foi rebaixado. Terminou o campeonato na 9ª posição, com 9 pontos, à frente apenas do Flamengo de Guanambi e do Galícia – ambos foram rebaixados.

Deixe seu comentário