Vídeo: Não é a primeira vez que Vagner Mancini é acusado de incitar o antijogo

Em 2009, técnico foi acusado de forçar expulsão de Domingos e Diego Souza

O que mais existe na vida real, principalmente no mundo do futebol, são lobos em pele de cordeiro. Aquele tipo de pessoa que adora pagar de bom samaritano, mas no momento de fraqueza, se revela e expõe o que é realmente é. No BA-VI do último domingo, no Barradão, foi visível, e de forma escancarada, que a QUINTA expulsão do zagueiro Bruno Bispo foi encomendada.

Alguma ordem veio da parte superior do estádio Manoel Barradas e logo chegou aos ouvidos do técnico Vagner Mancini que passou alguma orientação ao zagueiro Ramon que prontamente chegou aos ouvidos do jovem e imaturo Bruno Bispo, de apenas 21 anos. Segundo especialista em leitura labial, as palavras foram as seguintes: “Pede ao Bruno [Bispo], pode tomar o segundo amarelo”.

A expulsão do garoto que propositalmente chuta a bola e sequer permite o reinício de jogo após a expulsão de Uilliam Correia, por ter agarrado Zé Rafael, aconteceu segundos após Mancini conversar com Ramon. Pessoas que estavam no Estádio garantem que as ordens ao treinador foram passadas pelo atacante André Lima e veio do supervisor Mário Silva, que negou.

Prefiro não julgar ou acusar A ou B pela CLARA intenção de finalizar a partida aos 34 minutos. Porém, em passeio ao passado não tão distante, volto ao ano de 2009 para trazer à tona um fato ocorrido no clássico paulista entre Santos e Palmeiras pela semifinal do Campeonato Paulista, muito próximo do que aconteceu no BA-VI deste domingo. Eis que naquele jogo, um personagem estava presente e foi um dos protagonistas. Falo do técnico Vagner Mancini, que foi acusado pelo treinador do Verdão na época, Vanderlei Luxemburgo, de ter incitado Domingos a provocar o meia Diego Souza, principal atleta do time do Palmeiras.

O meia Diego Souza também relatou que Vagner Mancini teria dito para ele: “Queria ver você é homem de dar uma cotovelada no Domingos”. O zagueiro, que tem histórico de valentia, entrou no decorrer do jogo e em poucos segundos ocasionou a sua expulsão e também do meia palmeirense. Logo após as expulsões, o jogador dá um belo sorriso e faz sinal de positivo para Mancini, treinador do Santos. Luxa falou em entrevista que Domingos entrou apenas com a missão de tirar seu jogador da partida. No final das pontas, o Peixe levou a melhor e venceu o clássico.

Veja o vídeo da matéria do GE:

Deixe seu comentário

1 Comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Male Escorts Sydney
  2. Related Site
  3. https://duet.edu.pl/

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*