Julgamento do Bahia: Volante do Bahia pensou ter sido agredido por Kanu

O julgamento do BA-VI disputado e não encerrado no último dia 18 no Barradão segue no Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD). Entre jogadores, técnico e funcionários dos clubes, são 15 os denunciados. Já o próprio Esporte Clube Vitória será julgado, sob acusação de “provocar suspensão do jogo causando prejuízo desportivo a terceiros” como classificou na denúncia a procuradoria.

Um dos acusados é o volante Edson do Bahia. O jogador foi questionado pelos auditores se agrediu o zagueiro Kanu do Vitória. O jogador do Bahia diz que não e acusa o zagueiro do Leão como aquele que começou todo o tumulto.

Segundo Edson, ele viu Kanu dando socos em Vinícius e chegou para separar. Em seguida tomou um soco de Rhayner e ficou tonto. Daí olhou para Bryan e começou a bater nele. O jogador do Bahia admitiu que errou acreditando que Bryan tinha sido aquele que o havia agredido, quando na verdade, foi o atleta Rhayner. Dos atletas, Edson foi o primeiro a ser ouvido.

Repito a opinião já expressa seja em texto ou em apresentação de conteúdo correlatos a questão. O placar será 2 x 2 e Brás continuará sendo tesoureiro.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*