Atlântico vai estrear treinador e volante tetracampeão baiano pelo Vitória

Volante de origem, Bida vai atuar como meia pelo Atlântico-BA

Buscando se recuperar no Campeonato Baiano, onde é o penúltimo colocado com 1 ponto, o Atlântico totalmente mudado enfrenta o Jacobina neste sábado (17), às 16h, no estádio de Pituaçu. Nesta sexta, o técnico Eduardo Bahia, ex-Jequié, finalizou a preparação e confirmou que fará mudanças para o jogo de estreia pela equipe. Ao todo, serão cinco. Uma delas é o volante Bida, também estreante. O experiente volante, tetracampeão baiano pelo Vitória, será o capitão do time na partida.

“Já estou acostumado. Onde eu rodei acabei sendo capitão. Sei que o elenco tem muitos garotos. Ele me deu essa responsabilidade e eu espero chegar dentro de campo e fazer o que o capitão tem que fazer, que é orientar e ajudar. A gente sabe da pressão, espero que a gente possa dar a volta por cima e começar com uma vitória já nesse jogo”, destaca Bida.

Volante de origem, Bida vai atuar como meia. Um dos motivos pela mudança de posição é a “idade”. O jogador destaca que não tem mais a correria e rapidez de outrora.

“O Bida daquela época era muito rápido dentro de campo. Hoje não tenho mais aquela correria. Agora eu penso mais do que corro e espero fazer isso dentro de campo na estreia. Vou atuar onde hoje me sinto mais a vontade pra jogar”, explicou. Seu último clube foi o Itabaiana, onde atuou em apenas três partidas nessa temporada.




As outras quatro mudanças promovidas pelo novo treinador foram o zagueiro Alan, que substitui o lesionado Uesles e três jogadores do meio para frente, Ramon no lugar de Jean Carlos, Vitinho na vaga de Antonio Carlos e Meidson no lugar de Hugo. Assim, o time inicial será formado por: Ferrari; Michel Tiago, Abdala, Alan e Vicente; Magno, Ramon e Bida; Vitinho, Meidson e Jone Chulapa.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*