Árbitro de vídeo: “É preciso tentar enganar o outro”, detona argentino

Esse foi o futebol a que me apaixonei quando era criança"

Em declarações publicadas destruídas pela Agencia de Noticia EFE na sua sucursal em Londres, o técnico argentino Mauricio Pochettino, do Tottenham, garantiu nesta quarta-feira feira ser contrário ao árbitro assistente de vídeo (VAR), garantindo que as polêmicas envolvendo decisões no campo fazem parte do espetáculo.

“Com o VAR, vamos forçar ao esporte uma estrutura muito rígida. Nos fixaremos só nas ações menores e pararemos o jogo para punir as pessoas. Há 20 ou 30 anos, era o contrário: parabenizavam o jogador que tinha enganado o árbitro. Vocês lembram desse futebol?”, questionou o comandante dos ‘Spurs’.

“Esse foi o futebol a que me apaixonei quando era criança. No futebol, é preciso tentar enganar o outro. Sim ou não? Estou preocupado, porque, se seguirmos assim, poderemos matar esse esporte que tanto amamos”, completou o argentino.

Pochettino destacou a importância da criatividade dos jogadores como parte do futebol, afirmando que o VAR vai contra essa essência, pela preocupação na exatidão nas marcações dos árbitros.

“O futebol é um esporte em que se precisa de talento, algo que cresce em uma pessoa inteligente. Agora, estamos centrados nos detalhes menores, e isso me preocupa”, avaliou o comandante do Tottenham.

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Dunia Bola Indonesia
  2. Dodatki do domu

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*