“Só vai me passar no Vitória quem for campeão da Copa do Brasil”

Ricardo Silva também desabafou por não ser lembrado para treinar o Leão

Com uma vasta história no futebol baiano, treinando diversas equipes do Estado como Botafogo-BA, Bahia de Feira, Galícia, Jacuipense, Serrano e Jacobina, o técnico Ricardo Silva teve destaque maior no Esporte Clube Vitória, clube onde foi auxiliar, porém, foi como treinador que ele marcou seu nome na história do clube e por muito pouco não ganhou um busto dentro do Barradão ou foi “santificado” com a quase conquista da Copa do Brasil que bateu na trave em 2010.

Ricardo Silva foi campeão baiano e da Copa do Nordeste naquele ano e colocou o Vitória na final da Copa do Brasil diante do Santos de Neymar, Robinho e Ganso, chegando muito próximo da glória nacional inédita para o clube baiano. Em entrevista recente, Ricardo Silva lembrou seus números no Leão e valorizou o vice-campeonato de 2010, destacando que só será ultrapassado no clube por algum treinador que conquiste a competição nacional.

O atual treinador do Atlântico também desabafou por não ser lembrado para treinar o Vitória, mesmo ostentando um aproveitamento de 59% à frente da agremiação. Ao todo, como técnico do clube, foram 48 triunfos, 19 empates e 25 derrotas. Ficou no Barradão de 2008 a 2013, como auxiliar e treinador.

“Qualquer treinador que chegue no Vitória e for campeão baiano, eu fui, do Nordeste, eu fui, se for vice da Copa do brasil, eu fui. Só vai me passar se for campeão da Copa do Brasil. Então, eu sou muito feliz. Mas eu nunca vi nessas enquetes colocarem meu nome. Nunca vi meu nome numa enquete para dirigir o time de novo. Eu nunca tive empresário. Eu só pensava no Vitória”, disse.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. gclub คาสิโนออนไลน์

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*