Meia de 16 anos assina até 2021. Bahia fica com 50% dos direitos

Troca definitiva: Tinga vai para o Fortaleza e Isaac vem para o Bahia

O Esporte Clube Bahia acertou na quinta-feira (11) a saída definitiva do contestado Tinga (foto). O lateral-direito foi repassado ao Fortaleza. Em troca, o Esquadrão recebeu o meia-atacante Isaac, promessa de 16 anos, que chega para defender o tricolor no Nordestão Sub-20. As negociações já foram acertadas e finalizadas entre as partes.

De acordo com nota divulgada pelo tricolor, as negociações foram firmadas em caráter definitivo. Da seguinte forma: Tinga vai em definitivo para o Fortaleza, que fica com 100% do jogador. Já o meia Isaac assina em definitivo com o Bahia até 2021. O tricolor também recebeu 50% dos direitos econômicos do atleta. Os outros 50% ficam com o Fortaleza.

Tinga tinha contrato com o Bahia até o final de 2018 e na temporada passada estava emprestado ao Juventude, onde jogou 21 jogos pela Série B do Brasileiro. Já o jovem Isaac se destacou na Copa do Nordeste sub-20 pelo Fortaleza, onde foi observado. Este ano, disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo time cearense, tendo marcado um gol e dado uma assistência.

De acordo com o jornalista André Almeida, repórter do jornal O Povo, de Fortaleza, Isac é um “segundo atacante destro, bastante veloz, considerado uma boa promessa no clube”. Quem também desembarca no Fazendão é o volante/zagueiro Gregore, que estava no Santos B. Ele pertence ao São Carlos e será emprestado ao Bahia por um ano.

Nas redes sociais, torcedores do Peixe demonstraram insatisfação pelo fato de o Santos não ter exercido a opção de compra. Era avaliada em R$ 2 milhões por 60% dos direitos econômicos. O contrato com o Bahia tem os mesmos moldes. Jornalista de São Paulo e blogueiro do ESPN, Caio Nascimento, descreve o atleta. “É volante, mas sabe jogar de zagueiro também. Desarma, lança e tem ótima leitura de jogo”.