Com defesa reforçada, Bahia prioriza contratações para o ataque

Artilheiro de 2017, Edigar Junio é principal atacante do Bahia em 2018

Podemos afirmar que os problemas defensivos do Bahia com as perdas de 2017 foram solucionados para 2018. Chegaram Nino Paraíba, João Pedro, Léo Pelé e Mena (falta assinar) para reforçar as laterais após saídas de Eduardo, Matheus Reis, Juninho Capixaba e Armero. Na zaga não existe dor de cabeça: Temos Tiago, Lucas, Becão e Jackson, e talvez Thiago Martins seja novamente emprestado pelo Palmeiras, ou outro nome contratado.

Com a defesa montada e reforçada, assim como o setor de volantes, o Bahia trabalha agora para reforçar o setor ofensivo, ainda carece de homens de frente para o rodízio, e faltam apenas 12 dias para a estreia da equipe na temporada, contra o Botafogo, da Paraíba, dia 18 de janeiro, pela Copa do Nordeste. Para o ataque, Guto conta apenas com os pontas Zé Rafael e Élber, os atacantes Edigar Junio e Hernane, além do jovem Junior Brumado de 18 anos. Lembrando ainda que o Brocador recebeu sondagens e pode deixar o clube.

O Bahia deve ainda ir ao mercado atrás de mais um meia e a prioridade que é a contratação de outro atacante, fechando assim o ciclo de contratações para 2018. Com Douglas e Mena, que faltam apenas serem oficializados, o Esquadrão chega a 24 jogadores no elenco principal, podendo ainda promover alguns atletas que disputam a Copa São Paulo de Futebol Júnior, casos do meia Felipinho e do atacante Geovane Itinga.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário