Vice-presidente do Bahia fala sobre Nino Paraíba, Elton e Luiz Antônio

Henriques confirmou que esteve em São Paulo para conversar com os clubes

Apesar das eleições marcadas para o próximo sábado, o Bahia está atento ao mercado e tem negociações avançadas com alguns reforços, porém, que devem ser sacramentados e anunciados pelo novo presidente. Caso do lateral-direito Nino Paraíba (Ponte Preta), do volante Élton (Ponte Preta) e do volante Luiz Antônio (Chapecoense). Todos têm contrato até o final deste ano e já estão apalavrados com o tricolor baiano.

Nesta quarta-feira, o vice-presidente do Bahia, Pedro Henriques, conversou com o GloboEsporte e falou sobre os interesses do clube para 2018. O dirigente, que deixará o cargo nos próximos dias, confirmou que tem interesse em Nino Paraíba, Elton e Luiz Antônio. No entanto, a decisão final sobre contratação ficará a cargo do novo presidente, que será eleito no sábado, em pleito marcado para a Arena Fonte Nova.

“São três atletas que a gente observa, fizeram um bom Campeonato Brasileiro. Sobre contratações, vamos trabalhar para deixar encaminhado para a próxima diretoria tomar decisões. Conhecemos os dois, fizeram boas competições pela Ponte Preta. O Nino e o Elton foram rebaixados, mas fizeram um bom Brasileiro. A gente já tinha perspectiva de perder o Renê Júnior. Então, vamos precisar de atletas para a posição. Talvez um ou dois volantes. Luiz Antônio está valorizado”

O vice-presidente tricolor revelou que esteve em São Paulo para conversar com os clubes paulistas e tentar as permanências do atacante Mendoza, que tem contrato com o Corinthians, e o meia Allione, vinculado ao Palmeiras. Além disso, fez uma sondagem a dois atletas do Verdão. O meia Hyoran, contratado junto à Chapecoense no início da temporada, mas sem espaço no clube, e o lateral-direito João Pedro, que estava emprestado à Chapecoense esse ano.

“Na verdade estivemos em São Paulo para o jogo [contra o São Paulo, no domingo], e ficamos mais alguns dias. Voltei ontem, final de noite, conversamos com Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Santos. Coisas normais. Esses dois do Palmeiras [Allione e Thiago Martins] temos o interesse na permanência. Os outros [Hyoran e João Pedro], acredito que o Palmeiras negociará, natural que se fale deles. Tivemos uma conversa específica sobre o Mendoza. Mas foi apenas uma conversa. A maioria dos clubes está reticente em fechar negócio. O Palmeiras tem novo treinador, que ainda quer conhecer o elenco. Teremos um novo cenário em 2018. Com o Corinthians é um pouco diferente, tem treinador, mas deve haver saídas e chegadas. Temos que formar uma base, manter atletas e ter paciência. As melhores situações ainda vão ocorrer.”