Fernando Jorge pede impugnação de urnas e ameaça ir à justiça

Fernando avisou que se a comissão não aceitar o pedido, acionará a justiça

Os candidatos à presidente e vice, Fernando Jorge e Antônio Tillemont, chegaram cedo à Arena Fonte Nova para tentar angariar votos. Fernando revelou que pediu a impugnação das urnas 19 e 20, nas quais os votos serão computados em cédulas de papel.

De acordo com Fernando Jorge, essas urnas, que vão receber os votos de sócios que estão regularizando a situação hoje, vão contra o que diz o regimento eleitoral. Fernando afirma que o último dia para regularizar a situação era 30/11. Caso a comissão eleitoral não aceite o pedido, ele avisou que vai acionar a justiça.

Jaime Barreiros, presidente da comissão eleitoral, confirmou que recebeu o pedido de impugnação das urnas 19 e 20 por parte de Fernando Jorge e disse que está sendo analisado. A decisão sairá até o final da votação, segundo o presidente. Enquanto isso, os sócios continuam votando normalmente nas urnas 19 e 20.

“Saul Quadros ao abrir os trabalhos da eleição a partir das 9 horas, entra com a impugnação da urna 19 e da 20. O estatuto é bem claro quando ele diz que no dia 30/11/2017 era a última data para se legalizar financeiramente. Tem um caixa ali (na Fonte Nova) pra pagar ainda agora, para votar e deposite uma cédula na urna e eu sou radicalmente contra. Esse procedimento é contra a democracia, é contra a transparência e é contra todo procedimento de uma eleição correta”, disse Fernando Jorge.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*