Bahia negocia renovação de lateral. Tempo de contrato é empecilho

O empresário do jogador confirmou a negociação por uma renovação

Apesar de estar apalavrado com o lateral-direito Nino Paraíba, que não renovou com a Ponte Preta, o Bahia também deseja manter o lateral Eduardo para a temporada 2018. O atleta, que pertence ao Atlético-PR, tem vínculo com o tricolor baiano até o final desse mês, porém, já manifestou o desejo em continuar na capital baiana em 2018. Seu contrato com o Furacão termina também no final do ano, ou seja, ele fica livre no mercado.

O que emperra a negociação por uma renovação é o tempo de contrato. O Bahia fez uma proposta para um ano de contrato. O jogador, por sua vez, só aceita um vínculo dois anos. O empresário do atleta, Daniel Coracini, revelou que o prazo é o principal empecilho, porém, afirmou que a vontade do jogador é de permanecer no Fazendão.

“A situação é que está acabando o contrato. O Bahia fez uma proposta de renovação, o Eduardo fez uma contraproposta e não chegamos a um acordo. O que está emperrando é o prazo do contrato. A gente tem interesse e o Eduardo tem muito interesse. Ele está feliz e à vontade dentro do clube. Foi um excelente ano, um dos que mais jogou na Série A, tirando o Jean. Depende somente dessa questão. Falei com o Cerri que não ia conversar com outros clubes antes do Bahia. Estamos aguardando”, disse.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*