Otimista, técnico do Bahia ainda acredita em vaga na Libertadores

"Não jogamos a toalha" disse Carpê após derrota para a Chape.

Mesmo com a derrota para a Chapecoense que praticamente interrompeu o sonho do Bahia de conquistar uma vaga para a Copa Libertadores, o técnico Paulo Cézar Carpegiani mantém o otimismo de terminar o Campeonato Brasileiro dentro do G-9 e assim torcer por títulos de Grêmio e Flamengo na Libertadores e Sul-Americana. Atualmente o tricolor é o 11º colocado com 49 pontos. As chances de G-7 não existem mais.

“Se tem (possibilidade de) G9 e estamos em 11º, não jogamos a toalha. Vamos treinar nesta semana visando a partida contra o São Paulo. Depois, a gente vê o que acontece”.

O Grêmio está na final da Libertadores e venceu o jogo de ida contra o Lanús por 1×0, em Porto Alegre. A decisão é quarta-feira (29), na Argentina, portanto, antes da última rodada do Brasileirão. Já o Flamengo está na semifinal da Sul-Americana e ganhou do Junior Barranquilla por 2×1, no Rio. O jogo de volta é quinta (30) – e a final será nos dias 6 e 13 de dezembro. Com isso, o Bahia entrará em campo contra o São Paulo sabendo se ainda terá chance de obter a vaga na Libertadores ou não.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*