Bahia e Vitória podem ajudar um ao outro nessa reta final de Série A

Bahia enfrenta o Sport-PE, domingo, e Vitória o Flamengo na última rodada.

Vamos na fé, mas não podemos menosprezar o cambaleante Sport Recife. Eles estão numa das piores fases em que já vi essa equipe, porém tem um elenco forte. Osvaldo, André e Diego Souza, Rithely, são jogadores que podem decidir uma partida. Passamos alguns apuros com o veloz Bruno Henrique, do Santos, ontem, e o futebol não perdoa a soberba, que nossa empolgação seja um combustível para nossos guerreiros.

Renê Júnior não vai para o jogo, suspenso, Edson já recuperado, é opção. Outra boa solução é a entrada de Vinícius que tornaria o time mais agressivo e marcaria com a linha de 4 que deu certo contra a Ponte e um dos volantes (Edson ou Juninho) entre o meio e a defesa. Carpê conhece o jogo, tem as cartas à sua feição e mais que nunca a confiança da nação, muito pelos discursos após os jogos e mais ainda pela postura que impôs a equipe.

Ganhando do rubro negro pernambucano, ainda estaremos prestando um auxílio ao nosso arquirrival, que precisa vencer seus jogos e secar os adversários, será que vão torcer para a gente? Eles podem devolver o favor contra o Flamengo na saideira do campeonato. E aí entregam o jogo ou vão para ganhar e nos ajudam a chegar na Libertadores?

Tem muita gente pensando nisso, em redes sociais e discussões nas diversas resenhas, eu não acredito em atleta profissional entregar partidas. quando entram em campo ninguém pensa nisso, vejo mais a possibilidade da famosa mala branca, que logo começara a circular por aí, e entre a boleirada é sempre bem vinda.

Antes que eu esqueça, uma classificação à Libertadores obriga a um planejamento diferenciado no tricolor da boa terra. Será que estaremos aptos? Com a palavra a direção.

Agamenon Nascimento, torcedor do Bahia e amigo do Futebol Baiano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*