Após derrota para o Bahia, Avaí volta atrás e não vai manter treinador

A diretoria do Avaí havia confirmado a manutenção de Claudinei Oliveira.

Após perder para o Bahia dentro de casa nesta quarta-feira, a diretoria do Avaí voltou atrás na decisão de manter o técnico Claudinei Oliveira. Em setembro, quando o clube também se encontrava numa situação delicada, a direção catarinense confirmou que iria renovar o contrato do técnico  até o final de 2018, algo que não irá mais acontecer.

Em contato com o site da ESPN, o coordenador de comunicação do Avaí, Carlos Alberto Ferreira, disse que o profissional seguirá no comando do clube apenas até o final da Série A deste ano e explicou que apenas anunciou a renovação de contrato, mas não tinha nada assinado, ou seja, não haverá problemas.

Ainda segundo informações do site ESPN, o Avaí até desejava a permanência do comandante, no entanto, Claudinei teria procurado o presidente alegando problemas familiares. Com isso, as duas partes entraram num acordo para que ele comande o clube apenas nas últimas cinco rodadas do Brasileirão. O Avaí é o vice lanterna, com 35 pontos, e tem mais de 90% de chances matemáticas de ser rebaixado na Série A.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*