Fluminense 1 x 1 Bahia: Carpegiani foi vítima das circunstâncias do jogo

Hernane e Matheus Reis foram escalados para melhorar a estatura do time e evitar o jogo aéreo do adversário.

Acredito que Carpegiani entrou com Hernane e Matheus Reis para melhorar a estatura do time, principalmente em termos defensivos, já que perdemos Edson e este problema na bola aérea defensiva, vem se mostrando crônico no Bahia. Note que Hernane fez com que Gum ficasse preso na defesa, e ele é uma das peças importantes no jogo aéreo ofensivo do time carioca. E neste quesito, o Bahia mostrou evolução, já que, afora aquela cabeçada de Henrique Dourado, não lembro deles ganhando muitas bolas cruzadas pelo alto.

O Brocador está visivelmente fora de ritmo, mas mesmo assim sofreu aquele pênalti que o árbitro caseiro não marcou, além de uma jogada tramada com Matheus Sales em que chegou levemente atrasado para empurrar para dentro do gol.

Régis teve uma partida muito abaixo da sua capacidade, mas fez algo que não via há muito tempo, ele se dedicou seriamente a defender quando o Bahia perdia a bola, demonstrando compromisso, contudo, isso acarretou maior desgaste físico e no segundo tempo, o Fluminense dominou o meio campo. Matheus Sales entrou para tentar equilibrar mais a posse de bola, mas fez aquela bobagem e quase colocou tudo a perder.

O jogo foi decidido: em uma falha individual de Lucas Fonseca, no erro da arbitragem e na bobagem de Matheus Sales. Acho que Carpegiani foi vítima das circunstâncias e conseguiu buscar um resultado aceitável, apesar de todos esses problemas. Os resultados da rodada, fizeram com que este empate não fosse ruim, mantivemos a distância para o G-9 e para o Z-4, sendo que enfrentaremos a Ponte Preta em casa, e o Avaí fora.

BBMP!

Ramon Santos, torcedor do Bahia e amigo do Futebol Bahiano

Deixe seu comentário

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. เบอร์มงคล
  2. รับทำเว็บไซต์
  3. the deep wiki
  4. เงินด่วนต่างจังหวัด

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*