Bahia e Vitória: Fora do Z-4, mas ainda perto do perigo

Novamente lanço a pergunta-chave: Qual a tendência para as próximas rodadas?

Há 45 dias atrás enviei um texto para o Blog com o título “Saímos do Z4. E daí?” e constato hoje que a guerra para se afastar do maledito Z4 após 5 rodadas foi sofrido e o sofrimento pode durar um pouco mais por um detalhe que nos deixa chateados e também intrigados.

Por que estamos perdendo tantos pontos justo dentro de casa, dentro do santuário rubro-negro, palco temido por grandes equipes do futebol brasileiro até algum tempo atrás e hoje ao invés disso, todos vêm jogar em Salvador quase com a certeza de levar três pontos pra casa, então o que está acontecendo com o Barradão? Em outro texto, fiz um estudo sobre esse assunto e a minha conclusão pessoal, porém não definitiva é que existe um problema comportamental, definido pelo técnico e por alguns jogadores como ansiedade. Será? No final do texto volto a abordar esse assunto.

Após a rodada 27º com muita luta e esforço e, igualmente como aconteceu a 5 rodadas atrás, com uma boa dose de sorte e com combinação de resultados deixamos a zona de perigo e não há possibilidade de retorno mesmo em caso de um revés contra o Santos em jogo que acontece hoje à noite em São Paulo.

Seremos o último jogo da rodada e já sabemos com antecedência de todos os resultados. Caímos para o 15ª lugar. Se vencermos como espero, assumimos o 10º lugar hoje do Bahia. Perdendo ou empatando não teremos a posição alterada pelos benefícios das derrotas da Ponte Preta, Chapecoense e Avaí.

Agora, mais do que nunca, o Esporte Clube Vitória deve manter o foco para não perder pontos fora de casa, já que de forma inexplicável está conseguindo o impensável que é perder dentro de seus domínios. O ideal é que tivesse bons resultados também dentro de casa e se assim ocorresse estaria bem mais confortável na tabela. Novamente volto a clamar aos jogadores do Vitória que o time tem obrigação com sua torcida de recuperar o pífio aproveitamento obtido dentro de casa, e este caso está se espalhando pois o clube está virando motivo de chacota nas redes sociais, e seria interessante o próprio grupo de jogadores tomar uma atitude se esforçando para obter um resultado positivo dentro do Barradão ou jogar em outro estádio. Quem sabe seja uma boa opção para motivar o grupo?

Hoje estamos em 15º lugar com 32 pontos porém o 16º colocado também tem 32 pontos, (Ponte Preta) logo, não há nenhum motivo para se acomodar. Recuperamos a enorme desvantagem que tínhamos a 2 meses atrás, não deve ter sido fácil para os jogadores e agora é encarar cada jogo como decisão pois o campeonato está chegando em sua fase final.

Se em 16 rodadas o Vitória tinha conquistado ridículos 12 pontos com 3 Vitórias, 3 Empates e 10 Derrotas, uma campanha de rebaixamento, agora a situação mudou da água para o vinho. Após a 17ª rodada que foi a rodada da reação, foram 11 jogos e conquistamos 6 vitórias, 2 empates e 3 Derrotas!!! Como é que pode? Uma campanha de 61% de aproveitamento, campanha para Sul-Americana.

Explico.

Das 11 partidas, fizemos 6 partidas fora de casa. Das quais ganhamos 5 e empatamos 1 que foi contra o Cruzeiro no Mineirão. Logo a campanha do time na era Mancini fora de casa não é 100%. É de 76,19%.

Já a campanha dentro de casa, difícil comentar. Foram 5 jogos com 1 Vitória, 1 Empate e 3 Derrotas. Aproveitamento ridículo de 26,67%. Por enquanto a campanha externa está nos salvando e cheguei a suspeitar que nós torcedores são os responsáveis por essas derrotas dentro de casa pois fora de casa não existe pressão para ter bons resultados. A pressão fica totalmente focada nos donos da casa. Como somos visitantes, acredito que tivemos alguns bons resultados por conta dessa pressão local, aliás, alguns clubes também tiveram reveses dentro de casa, mas isso não nos diz respeito.

Hoje a situação para o Vitória está bem mais confortável mas, evidente, não há motivos para acomodação. Pelo contrário, o time deve buscar o mesmo gás que teve para sair do Z4 e a meta agora deve ser se distanciar do Z4. Já provou ser capaz disso então deve colocar em prática.

O Bahia é um caso interessante porque se na rodada 16 eles estavam em 14º, ontem venceu o Corinthians, pulou para 10º e em uma campanha que se continuar assim até o final garante o time fora do Z-4 pois 40% projeta 46 pontos na 38ª rodada.

Quanto ao Vitória, graças a fantástica campanha distante do Barradão, permitiu ao clube chegar nesse pelotão intermediário. O desempenho do time em 46,67% projeta um total de 48 pontos até o fim do campeonato, mas sabemos que esse número pode aumentar assim como pode diminuir porém caso mantenha a campanha acima de 60% na era Mancini também vai permitir ao time não só permanecer na série de elite como atingir pontuação para disputar a sul-americana, mas ficará complicado com o desempenho ruim dentro de casa.

Notamos que algumas equipes estão muito mal como é o caso do Coritiba com campanha de rebaixamento. O Avaí não teve evolução na classificação embora tenha tido o mesmo aproveitamento do Atlético-Pr. Vale registro para o ótimo desempenho do Vasco o que vai permitir que eles possam brigar pela região da Libertadores, embora a sua projeção de pontos seja de apenas 55 pontos. Mas essa pontuação foi suficiente para se classificar para a Libertadores em alguns anos do Brasileirão.

Novamente lanço a pergunta-chave: Qual a tendência para as próximas rodadas? A situação mudou um pouco. Se a CNTP de cada um dos clubes não mudar, Coritiba, Avaí, Atlético-Go e Ponte Preta podem ser os times contemplados a disputar a segundona em 2018.

Pode haver mudanças? Claro. Mas, sinceramente até a rodada 27 não vejo chances de recuperação nem para Avaí e nem para Atlético-Go. O Coritiba tem um bom técnico, mas considero que o elenco deles é limitadíssimo. Mais que a dupla Vitória-Bahia.

Concluo dizendo novamente que cada rodada pode ser diferente e não há como fazermos prognósticos seguros já que ninguém tem como prever resultados certos mas sim resultados possíveis. E os números preveem que apenas um dos times do Z4 se recuperou de fato até agora que é o Esporte Clube Vitória. Mas, frise-se: Até agora. Nada está definido para nenhum dos times do 9º colocado para baixo. O 9º colocado tem 38 pontos. Certos mesmo no Brasileirão de 2018 somente do 7º em diante. Como coloquei a 5 rodadas atrás, a arbitragem será um adversário adicional dos times que estão nessa tabela por motivos que nem precisamos comentar.

E quanto ao Barradão? Acredito que Mancini deve verificar o aspecto psicológico do grupo. Talvez até jogar a próxima partida em casa na Fonte Nova ou em Pituaçu para verificarmos o comportamento do time, para verificar se a alegada “ansiedade” diminui ou vai embora de vez. Algo precisa ser feito por que pouco adianta o que foi conquistado fora de casa para ser jogado fora dentro de casa.

PS: CNTP significa Condições Normais de Temperatura e Pressão lá das aulas de Química. Alguns devem lembrar.

Marcos Guimarães, torcedor do Vitória e amigo do BLOG.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*