Pituaçu atende exigências da FIFA e do Estatuto do Torcedor

Tudo está sendo feito para que o Estádio Metropolitano Roberto Santos (Pituaçu) seja concluído no próximo mês de julho. Voltando a visitar, hoje pela manhã, as obras de ampliação e modernização do estádio, a presidente da CONDER, Maria del Carmen, mostrou-se confiante quanto ao cumprimento do prazo de entrega, salientando que o cronograma traçado para a execução dos serviços está sendo rigorosamente seguido e o intenso ritmo de trabalho mantido garante que os torcedores baianos terão até o final deste semestre sua nova praça esportiva.

Além de passar a sediar jogos do campeonato baiano e de competições de nível nacional e internacional, o Estádio de Pituaçu será, também, um espaço para outros eventos, oferecendo a Salvador uma nova alternativa para sediá-los. Dotado de equipamentos de última geração para atender todas as exigências do Estatuto do Torcedor e da FIFA, o estádio contará com um sistema de iluminação superior ao da Fonte Nova, as vias de acesso evitarão congestionamentos de veículos e darão mais comodidade aos torcedores, o gramado e o sistema de drenagem assegurarão aos atletas condições ideais para os jogos, garantindo-se, paralelamente, vestiários confortáveis, cabines para o trabalho da imprensa e outros serviços.

Chuva é novo empecilho

Na próxima sexta-feira, 7 de abril, será completado um mês que as promotoras Rita Tourinho e Heliete Viana requisitaram a suspensão da reforma do Estádio Metropolitano de Pituaçu.

O tempo passou e sequer o pedido de liminar, motivado pela ausência de licitação para o início das obras foi apreciado pelo juiz Ricardo D‘Ávila, da 5ª Vara da Fazenda Pública. O que não deve acontecer – diga-se – tão cedo.

Informações de bastidores dão conta da verdadeira panela de pressão que se tornou o caso. Interesses “maiores” estariam falando mais alto.

O novo problema, agora, diz respeito à intensificação do período de chuvas em Salvador. Nesta segunda, por exemplo, os centenas de operários que desfilavam seus capacetes amarelos no local, em meio a tratores, escavadeiras e britadeiras, de um lado, e uma imensa e tranqüila área verde, do outro, interromperam o trabalho quando o toró apertou.

Mesmo assim, a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), responsável pelo projeto, garante que o cronograma segue inalterado. Final de julho, tudo estará pronto.

E a torcida do Bahia não tem mesmo do que se queixar. Uma simples visita ao Roberto Santos dá para animar o mais desconfiado tricolor, tendo em vista o rápi do avançar da reforma.

A última novidade foi o início da colocação das novas arquibancandas, atrás do gol da Paralela. A idéia era pintá-las de azul, vermelho e branco, mas cresce a corrente para a idéia não vingar. Conder/A Tarde/Nelson de Barros Neto
Veja fotos da obra do estado de Pituaçu aqui

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*