MP-BA mantém recomendação de torcida única no Ba-Vi de domingo

o primeiro Ba-Vi do ano terá apenas tricolores nas arquibancadas. 

Foto: Pietro Carpi/EC Vitória

No próximo domingo (29), Bahia e Vitória fazem o primeiro clássico Ba-Vi de 2023, valendo pela 5ª rodada do Campeonato Baiano. A partida acontece às 16h, na Arena Fonte Nova. De acordo com informação do ge.globo, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) manteve a recomendação de torcida única para o clássico. O presidente do Vitória, Fábio Mota, durante entrevista coletiva nesta segunda-feira (23), se posicionou a favor da torcida mista e disse que estava aberto a dialogar, no entanto, está decido que o primeiro Ba-Vi do ano terá apenas tricolores nas arquibancadas.

 

“O Vitória é completamente a favor de ter torcida mista, sempre foi minha posição. Mas não depende da gente. Se ouvirem o Vitória, a opinião é que tenha duas torcidas, porque acho que isso enfraquece o futebol baiano. É ruim para o futebol baiano e estamos prontos para dialogar e fazer tudo que for possível para que a gente tenha as duas torcidas no clássico, tanto no Barradão quanto na Fonte. O que o Vitória pode fazer é requerer, pedir, e é o que a gente está fazendo”, explicou o presidente rubro-negro.

Depois de recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), em 2017, a CBF decidiu que os Ba-Vis seriam disputados com torcida única por causa de uma confusão no clássico do dia 9 de abril daquele ano. Após a partida na Fonte Nova, um torcedor do Bahia foi morto e outro baleado. Em fevereiro de 2018, o clássico voltou a ter a presença das duas torcidas, mas ficou marcado por uma confusão generalizada dentro de campo, com sete jogadores expulsos, cinco deles do Vitória.

Além da briga dentro de campo, foi registrado naquele clássico um confronto entre integrantes de torcidas organizadas de Bahia e Vitória, na região da Baixa dos Sapateiros. Uma guarnição da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) precisou intervir disparando tiros para o alto. Dentro do estádio, a torcida rubro-negra invadiu uma área destinada aos torcedores do Bahia, enquanto a torcida visitante depredou as dependências da praça esportiva.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário