Grupo City deve anunciar técnico português para comandar o Bahia

Em 2022, acertou com o Club León, do México, mas pediu demissão em novembro.

Foto: Divulgação/Benfica

Após adquirir 90% da SAF (Sociedade Anônima de Futebol), o Grupo City deve anunciar nos próximos dias o nome do novo treinador do Esporte Clube Bahia visando a temporada 2023. Quem está acertando é o português Renato Paiva, de 52 anos, que acumula passagens por Benfica, de Portugal, e Independiente del Valle, do Equador, e deixou na semana passada o Club León, do México. Ao todo, o treinador português comandou a equipe mexicana em 18 jogos, tendo seis vitórias, quatro empates e oito derrotas. A informação foi divulgada pelo jornalista português Pedro Sepúlveda, da SIC Notícias e confirmada pelo Globo Esporte.

 

Nascido em Pedrógão Pequeno, o português Renato Manuel Alves Paiva tem 52 anos e iniciou no Benfica como auxiliar técnico, passando também como treinador das divisões de base e da equipe B, ficando de 2005 até meados de 2021, quando foi contratado pelo Independiente del Valle, e conquistou um título do Campeonato Equatoriano. Após duas temporadas no Equador, se transferiu para o Club León, do México, em junho deste ano, comandando o time em 18 jogos, com seis triunfos, quatro empates e oito derrotas.

Outro português que foi especulado para comandar o Bahia foi Leonardo Jardim, campeão da Liga Francesa (Ligue 1) em 2017 com o Monaco, onde ficou por seis temporadas, e atualmente comanda o Shabab Al-Ahli dos Emirados Árabes Unidos, após passagem pelo Al Hilal, da Arábia Saudita. Jardim iniciou a carreira de treinador no Camacha, de Portugal, passando também por Chaves, Beira-Mar, Braga e Sporting. Em 2012/13, teve uma rápida passagem pelo Olympiacos, da Grécia.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário