Três pessoas são denunciadas por tentativa de homicídio após briga de organizadas de Bahia e Vitória

O suspeito do atropelamento estava foragido depois de ter a prisão preventiva decretada.

Foto: Samara Figueiredo

A briga entre torcedores de Bahia e Vitória, ocorrida no dia 4 de setembro, no bairro de São Caetano, em Salvador, segue rendendo novos capítulos. Nesta terça-feira, três pessoas foram denunciadas por crime de tentativa de homicídio pelo Ministério Público Estadual. A denúncia foi oferecida pela promotora de Justiça Sumaya Queiroz de Oliveira no dia 4 de outubro. Segundo o documento, Filipe Borges e Walace Santana, vestidos com o uniforme da torcida ‘Imbatíveis’, agrediram com uma pedra e com chutes, a cabeça de dois integrantes da ‘Bamor’.

 

As vítimas foram agredidas enquanto estavam caídas no chão, após serem atropeladas pelo carro de Vinícius Cerqueira, que fugiu do local logo em seguida. Filipe Santos Borges, Vinícius Cerqueira Almeida e Walace de Lima Santana foram denunciados por crime de tentativa de homicídio, por motivo fútil e, no caso de Vinícius, também por impossibilitar a defesa das vítimas. A pedido do MP, foi decretada a manutenção da prisão preventiva dos três.

Após ficar foragido por mais de um mês, Vinícius Cerqueira se apresentou com seus advogados à sede da Companhia Independente de Polícia Militar de Pirajá (9ª CIPM), no dia 11 de outubro. Ele foi acusado de atropelar três pessoas durante briga.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário