Lateral do Sub-20 ganha espaço no elenco principal do Bahia após lesão de Matheus Bahia

Enderson vem optando por escalar o volante Rezende na lateral-esquerda.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com a venda de Djalma Silva e a lesão de Matheus Bahia, que tinha recuperado e titularidade e vinha apresentando boas atuações, porém, só retorna em 2023, o técnico Enderson Moreira ficou como única opção para a lateral-esquerda Luiz Henrique. Porém, o jogador, contratado no início do ano junto ao Londrina, não vive um bom momento e mesmo sem concorrência, não consegue recuperar o posto de titular da lateral-esquerda desde aquela falha na partida contra o Athletico-PR pela Copa do Brasil.

 

Diante disso, Enderson vem optando por escalar o volante Rezende na lateral-esquerda, algo que também não parece estar dando certo, visto que o jogador não tem característica de lateral, não conseguindo avançar pelo lado para fazer um cruzamento e levar perigo ao adversário, ajudando apenas na marcação. O jeito foi buscar uma solução no time sub-20. O jovem Ryan, de 20 anos, vem treinando com o elenco principal e pode ganhar uma chance. Porém, diante do Operário, no dia 24 de setembro, a tendência é que Luiz Henrique seja escolhido para começar jogando.

Natural de Diadema-SP, Ryan acumula passagens pelas divisões de base de São Paulo e Ponte Preta. Foi contratado pelo Esporte Clube Bahia em 2020 para reforçar o time sub-20 e fez parte da campanha do vice-campeonato da Copa do Brasil da categoria, perdendo a final para o Vasco. Além de lateral, o atleta também atua como ponta.

 

 

 

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário