Na raça, Vitória vence Figueirense e fica a um triunfo do acesso na Série C

O Esporte Clube Vitória enfrenta na última rodada o já eliminado Paysandu.

FOTO: Divulgação/ECV

Vindo de três jogos sem vencer (uma derrota por 5 a 1 para o Figueirense e dois empates em 0 a 0 com o ABC), o Esporte Clube Vitória voltou a campo na tarde deste domingo (18) para o duelo mais importante do ano, e novamente reencontrando o Figueirense, um concorrente direto na briga pelo acesso. O jogo era de vida ou morte, afinal, uma vitória colocava o Leão mais perto do acesso e uma derrota eliminava as chances de acesso. E foi na raça, na força de vontade, mesmo jogando com um a menos quase todo segundo tempo, o Leão conseguiu vencer o Figueirense por 1 a 0, com gol de Santiago Tréllez, dando um passo importante para confirmar o acesso à Segunda Divisão.

 

Com a vitória, o Leão chegou aos 8 pontos e saltou para a vice-liderança do Grupo 2, superando o Figueirense, que caiu para o 3º lugar com 6 pontos. Com isso, o Rubro-Negro precisa apenas fazer sua parte e vencer o Paysandu na última rodada para garantir o retorno à Série B, enquanto o Figueira precisa vencer o ABC e ainda torcer por um tropeço do Vitória. Vale lembrar que o ABC, líder com 11 pontos, já garantiu o acesso, enquanto o Papão, lanterna com 3, está eliminado.

O primeiro tempo foi bastante movimentado no Barradão, com chances dos dois lados, porém, foi o Vitória quem se saiu melhor. O Leão começou pressionando, em ritmo acelerado, e criou chances de marcar com Rafinha, que parou no goleiro Wilson, e Gabriel Honório, tirando tinta da trave. O Figueirense apostou na estratégia de se defender e assustar nos contra-ataques, e chegou duas vezes perto de marcar, duas vezes com Tito, primeiro parando em milagre de Dalton, e depois finalizando para fora. Com o jogo aberto, o Rubro-Negro aproveitou um ataque rápido, aos 34 minutos, Rafinha fez grande jogada, passando no meio de dois defensores, e servindo Tréllez para abrir o placar e incendiar a torcida.

Apesar da vantagem, o Vitória voltou para o segundo tempo ligado nos 220, e em menos de 10 minutos, criou várias chances de ampliar, armando uma blitz na defesa catarinense e dando trabalho ao goleiro Wilson. Acuado, o Figueirense não conseguiu pressionar. Mas aos 15 minutos, Sanchez subiu com muita vontade e acertou o cotovelo no rosto de Natan Masiero, levando o vermelho direto. Com um a mais, o Figueirense foi para o tudo ou nada, e 24 minutos, Dalton defendeu cobrança de falta e no rebote, Marco Antônio saltou em cima da linha. O treinador João Burse colocou o time todo atrás e segurou a pressão até o fim para garantir os 3 pontos importantíssimos.

O Esporte Clube Vitória enfrenta na última rodada o já eliminado Paysandu, no Estádio Leônidas Sodré de Castro, em Belém do Pará, enquanto o Figueirense recebe a visita do já classificado ABC no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Os dois jogos acontecem no próximo sábado (24), às 17h.

JOGOS DA 5ª RODADA DA SÉRIE C (2ª FASE)

Sábado (17)

15h – Aparecidense 1 x 0 Volta Redonda

21h – ABC 1 x 0 Paysandu

Domingo (18)

16h – Vitória 1 x 0 Figueirense

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário