Mugni vê derrota do Bahia como mensagem: “A gente tem que ter coragem”

Na saída de campo, Mugni criticou a postura do time.

O Esporte Clube Bahia sofreu ontem a sua terceira derrota em cinco jogos como visitante no Campeonato Brasileiro da Série B ao perder para o Tombense, pelo placar de 1 a 0,  no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé (MG), pela 9ª rodada da Segundona. Com o revés, o Tricolor caiu para a 3ª colocação, com 16 pontos. Já o Tombense chegou aos 9 pontos, deixou a lanterna e também do Z-4, subindo para 16º lugar. O meia Lucas Mugni, que retornou de lesão após dois meses entrando no 2º tempo, criticou a postura do time após a partida e disparou que é preciso “ter coragem para marcar e ter a bola”.

 

“Essa derrota a gente tem que ver como mensagem. Coragem não é dar pancada em um jogador. Coragem também é ir e pegar a bola. Pode errar, pode acontecer, mas a gente tem que ter coragem para marcar e ter a bola. Se a gente não faz isso 100%, acontece isso [gol adversário]. Ele [Tombense] estava lá na lanterna. No futebol, qualquer coisa faz a diferença, hoje tá muito igual, e eles foram merecedores do triunfo.”

Agora o Esporte Clube Bahia terá dois jogos seguidos na Arena Fonte Nova, em Salvador, onde está com 100% de aproveitamento nesta Série B (4 jogos e 4 triunfos). No próximo sábado (04), às 16h30, o Esquadrão recebe o Criciúma, pela 10ª rodada. Já no dia 8 de junho, uma quarta-feira, às 21h30, pela 11ª rodada, encara o Sport-PE, concorrente direto na luta pelo acesso à Série A. Já o Tombense volta a jogar em casa na próxima rodada, contra o Ituano, no sábado (04), às 19h.

Deixe seu comentário!