Bellintani garante ‘reta final’ de projeto de venda da SAF do Bahia

Presidente do clube destacou que análise e consolidação do projeto estão em fase decisiva para ser aplicada

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

O Esporte Clube Bahia está com o projeto de venda da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) bem encaminhado. Em entrevista ao site Bahia Notícias, o presidente do clube, Guilherme Bellintani, garantiu que a decisão final precisa de uma análise bem apurada e entendimento da reformulação administrativa no clube.

 

“Estamos em uma reta final, mas o tempo será o necessário para fazer uma coisa madura e cuidadosa. Eu quero que daqui a 10, 20, 30 anos, nós olhemos para trás e vejamos que o cuidado que tivemos neste momento foi muito importante para que o projeto nasça com estrutura, tenha longevidade e traga satisfação para o torcedor, que é um clube mais competitivo, que tenha uma melhoria esportiva, dispute campeonatos de alto nível. Resguardar a história do Bahia e ao mesmo tempo formar um clube mais competitivo. Todo cuidado é pouco, mas não precisamos gastar mais tempo que o necessário”, explicou Bellintani, durante o evento de assinatura do contrato com a Acelen, nova patrocinadora do Esquadrão de Aço e do Vitória.

Os rumores sobre qual coletivo estaria fechando com o Tricolor giram em torno do Grupo City. Contudo, o gestor do Bahia optou por silenciar a revelação oficial do investidor.

“Nunca falei nome de nenhum grupo, justamente porque há o sigilo, a presunção de que o que está sendo discutido na mesa deve ficar na mesa até ser divulgado. Essa divulgação tem que ser combinada, conjunta. O que posso dizer é que foi uma iniciativa do Bahia, a gente buscou um parceiro que possa reconhecer e valorizar a história do clube”, comentou.

Dentro de campo, o Esquadrão de Aço volta a campo nesta sexta-feira (29), às 21h30. O adversário vai ser o Ituano, no estádio Municipal Doutor Novelli Júnior, em Itu (SP).

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Manaus pode sofrer ausência de artilheiro do time diante do Vitória
  2. Bahia iguala bom começo de 2010 na Série B e busca repetir história

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*