Bahia acerta desligamento do gerente de futebol Júnior Chávare

Além de Chávare, Drubscky também não permanece e o anúncio pode acontecer nas próximas horas. 

Foto: Guilherme Frossard

Começou a faxina na Cidade Tricolor. Após o rebaixamento à Série B, o Esporte Clube Bahia vai passar por uma grande reformulação e o primeiro a sair é Júnior Chávare. Contratado para, para trabalhar ao lado de Lucas Drubscky, ex-Sport, o gerente de futebol foi desligado do clube na manhã desta sexta-feira, segundo informação da TV Bahia. Além de Chávare, Drubscky também não permanece e o anúncio pode acontecer nas próximas horas.

 

O último clube de Júnior Chávare foi o Atlético Mineiro, onde trabalhou nos últimos dois anos. Chávare implementou no Atlético-MG um sistema de captação de atletas já em processo de formação e que no Galo finalizavam sua maturação. O dirigente chegou ao Atlético em maio de 2019, sob as mãos do então diretor de futebol Rui Costa. Ambos trabalharam no Grêmio.

O diretor da base ocupou o cargo que foi do ex-atacante Marques e do ex-zagueiro André Figueiredo. Chávare deixou o cargo com o título brasileiro do time sub-20 e com uma campanha de semifinalista na Copa do Brasil da categoria. Porém, no Bahia não conseguiu repetir o bom trabalho.

Deixe seu comentário!